Chega ao hospital tarde de mais e dá à luz no corredor [vídeo]

A mãe de seis filhos não foi a tempo de se deitar numa cama e deu à luz no meio do corredor do hospital

Chega ao hospital tarde de mais e dá à luz no corredor [vídeo]

A mãe de seis filhos não foi a tempo de se deitar numa cama e deu à luz no meio do corredor do hospital

Muitas são as mães que entram em trabalho de parto e os bebés nem sempre chegam ao hospital. São poucas. Mas, por vezes, conhecemos histórias de grávidas que deram à luz numa ambulância, num táxi ou em casa. Esta mulher, Jesica Hogan, mãe de seis filhos, conseguiu chegar ao hospital. Porém, o filho, Max, nasceu no meio do corredor da unidade hospitalar. A grávida contou a sua história e as imagens do fotógrafo do parto foram partilhadas. Jesica conta que, na altura, andava com contrações «há alguns dias», mas que não entrava em trabalho de parto. Ela e o marido, Travis, chegaram a ir ao hospital antes do nascimento, mas foram mandados para casa. Nessa altura, a mãe de seis crianças começou a preocupar-se se não conseguiria perceber se tinha entrado em trabalho de parto.

LEIA DEPOIS
Bailarina detida por ser «demasiado sexy» e ter feito «dança imoral» [vídeo]

Grávida começou a ter contrações, mas não achou que fossem indicativas do parto

«Eu estava a perder a fé na minha capacidade de dizer quando eu realmente estaria em trabalho de parto e a perder a fé de que o meu corpo sabia o que estava a fazer», explicou. Numa noite, Jesica começou a ter contrações, mas não achou que fossem indicativas do parto. Ao marido até chegou a dizer que achava que o parto teria de ser induzido ou que não iria perceber que estava em trabalho de parto até que fosse tarde demais. «Eu fiquei acordada com contrações, mais uma vez, até cerca das 2 da manhã. Foi nesse momento que escrevi para um grupo de outras mães grávidas, queixando-me das contrações e dos meus receios de não chegar ao hospital no tempo», contou. Jesica ainda acrescentou que deveria ter dado ouvidos a essa intuição.

As coisas aconteceram tão rapidamente que a mulher nem teve tempo de se calçar

«Essa intuição é real, se eu tivesse dado algum crédito a essa voz na minha cabeça naquela noite! Em vez disso, eu decidi que iria simplesmente abstrair-me e dormir um pouco, assegurando-me de que eu saberia quando era a hora.» O desconforto das contrações aumentou de tal forma que Jesica disse a Travis que estava na hora. Foi então que as águas rebentaram e se começou a preocupar que não chegaria ao hospital a tempo. De acordo com o casal, as coisas aconteceram tão rapidamente que a mulher nem teve tempo de se calçar. O fotógrafo chegou mesmo a tempo de captar o momento do parto que aconteceu no corredor do hospital. Jesica explica como tudo aconteceu.

Bebé nasceu no chão da entrada das urgências do hospital, às 03h38

«Eu sei que neste momento disse algo como ‘Oh Deus, ele vem aí’. Então comecei a tirar as minhas calças porque podia sentir meu corpo a empurrar a cabeça do bebé para fora», descreve a grávida. «Baixei-me e consegui sentir-lhe a cabeça. Olhei para o meu marido e disse: ‘Travis, agarra-o’.» As enfermeiras correram para ajudar o casal e incentivavam a mulher a fazer força. O bebé nasceu no chão da entrada das urgências do hospital às 3h38.

LEIA MAIS

Previsão do tempo para quinta-feira, 30 de maio
Caroços no corpo… o que poderá ser?
Líquido vermelho que sai da carne crua não é sangue [vídeo]

Impala Instagram


RELACIONADOS