Bailarina detida por ser «demasiado sexy» e ter feito «dança imoral» [vídeo]

Um vídeo de uma bailarina tornou-se viral e chamou a atenção das autoridades. Acabou detida.

Bailarina detida por ser «demasiado sexy» e ter feito «dança imoral» [vídeo]

Um vídeo de uma bailarina tornou-se viral e chamou a atenção das autoridades. Acabou detida.

Ekaterina Andreeva, de 31 anos, foi detida no Egipto por ser «demasiado sexy». A mulher russa dançou em festa numa discoteca em Gizé e, alegadamente, não teria roupa interior. Conhecida por ‘Gawhara’, a bailarina de dança do ventre de naturalidade russa fez furor com as suas atuações, não só pelas danças como também pela indumentária escolhida.

LEIA DEPOIS
Caroços no corpo… o que poderá ser?

Bailarina sexy foi acusada de ter feito «dança imoral»

Um vídeo que se tornou viral nas redes sociais foi o motivo para a sua detenção cuja acusação era de ter feito uma «dança imoral». Ao que parece, a bailarina surgiu com um vestido branco com várias aberturas e transparências. Segundo vários internautas, Ekaterina estaria sem roupa interior. As imagens chegaram às autoridades que decidiram deter a mulher horas depois da atuação pelos crimes de desobediência às autoridades, imoralidade e incitar os jovens à desobediência. «A lei estabelece que uma dançarina é obrigada a dançar com roupa interior de qualquer cor, à exceção de bege. A Gawhara não tinha cuecas durante aquela atuação. Claro que foi provocadora. Foi demasiado sexy. E isso levou-nos a atuar», justificou o procurador egípcio, Hatim Fadl. ‘Gawhara’ foi libertada sob caução de 250 euros e os advogados da discoteca  estão a trabalhar no caso.

LEIA MAIS

Previsão do tempo para quinta-feira, 30 de maio
4 regras de ouro para fugir à gripe
Líquido vermelho que sai da carne crua não é sangue [vídeo]

Impala Instagram


RELACIONADOS