Criança morre a tentar salvar o cão e pais decidem enterrá-los juntos

Menina, de 12 anos, foi atropelada à porta de casa.

Uma criança morreu para tentar salvar o seu cão e pais decidiram enterrá-los juntos. A menina, de 12 anos, foi atropelada à porta de casa, na cidade de Rockbridge, Virgínia, Estados Unidos da América. A tragédia aconteceu quando Cash, o cão da família, correu para a estrada. Com medo de que o seu melhor amigo fosse atropelado, Jennarae Goodbar correu para o salvar. Um carro que circulava em excesso de velocidade não conseguiu evitar o embate, matando a menina e o cão. Ambos tiveram morte imediata.

LEIA MAIS: Tiroteio na Florida em estúdio de ioga faz pelo menos 2 mortes

Os pais estavam em casa, mas ouviram o ruído do acidente, que já não puderam evitar. Os vizinhos também acorreram ao local, onde ainda tentaram reanimar a criança. A mãe da menina, Donna Jean Stuples explicou aos meios de comunicação a «bonita história de amor e amizade» de Jennarae e Cash. «A minha filha comprou o cão com as suas próprias economias. Para ela era como se fosse o seu bebé e estavam sempre juntos. Nunca se largavam e Cash era o seu protetor. Quando era mais pequena era ele que me vinha acordar se a menina tivesse febre», contou.

Funeral da criança foi ontem, 2 de novembro

O funeral aconteceu ontem, 2 de novembro, e foi  diferente dos que já tiveram lugar na comunidade. A pedido dos pais, o padre fez as cerimónias fúnebres para a criança e para o cão. «Foram enterrados juntos. Sei que era o que ela quereria e não faz sentido ser de outra maneira», afirmaram os pais da menina.

LEIA MAIS: Pais tiram filha de uma discoteca à bofetada [vídeo]

Donna tinha criado um campanha no site GoFundMe para angariar dinheiro para o funeral, tendo arrecadado cerca de 40 mil euros. A polícia está a investigar o caso para perceber se o condutor teve ou não responsabilidade no atropelamento mortal.

LEIA MAIS: Mãe permitia que o marido abusasse da filha

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS