Massacre no Brasil | Mãe do atirador de 17 anos culpa avós que criaram o filho

A mãe do atirador mais novo diz que o filho, que foi criado pelos avós, deixou a escola porque sofria de bullying

Guilherme Taucci Monteiro matou a tiro 10 pessoas na sua antiga escola em São Paulo, no Brasil, esta quarta-feira, dia 13 de março, juntamente com um amigo, Luiz Henrique de Castro. Guilherme, o atirador mais novo, era filho de um casal toxicodependente e vivia com os avós. Tatiana Taucci, mãe do jovem de 17 anos, diz que o filho abandonou a escola porque sofria de bullying devido a problemas de acne. A progenitora culpa os avós pelas ações de Guilherme, depois de estes terem dito à comunicação social brasileira que o pai do menor, Rogério Machado Monteiro, «não estava aí para ele [Guilherme]», avança a Folha de São Paulo.

«Agora a culpa é minha? A culpa é sua [de Benedito Luíz Cardozo, avô materno do atirador], que criou ele», acusa Tatiana Taucci.

Apesar de admitir que o filho «estava deprimido», a mãe de Guilherme mostrou-se, contudo, indignada com as decisões do jovem. «Perdi o meu filho e o meu irmão [o tio de Guilherme foi uma das vítimas do ataque]. A minha vida acabou. Ele tinha internet, TV a cabo, tinha tudo, e o bobão [palhaço] faz isso?», refere à mesma publicação. Sobre o rapaz ter sido gozado por colegas por causa do acne, o avô conta que chegou a pagar um tratamento dermatológico ao jovem.

Tatiana Taucci revela ainda que o filho ficava especialmente violento quando perdia em videojogos de tiros. «Ele ficava paranóico e gritava para o ecrã ‘vou-te matar, vou-te matar».

Ainda que Guilherme seja descrito pela família e por conhecidos como um jovem depressivo, viciado em videojogos violentos e introvertido, ninguém esperava que o menor matasse a sangue frio. «Nunca percebi nenhum traço que indicasse que esse tipo de comportamento poderia ocorrer. Estamos todos em choque. Não usavam drogas. Diziam bom dia, boa tarde, boa noite», garante um vizinho que conhecia ambos os atiradores.

LEIA MAIS

Previsão do tempo para sexta-feira, 15 de março

Maddie terá sido sequestrada e está viva

Julen: Pai de menino que caiu no poço com medo de deixar a mulher sozinha

Drone sobrevoa cadeia em Matosinhos e deixa cair um saco com telemóveis

Onde está Zé Cabra 11 anos depois de Deixei Tudo Por Ela?

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS