Estudante atacada à mão armada corre com ladrão ao pontapé [vídeo]

Um ladrão armado com um revólver tentou assaltar uma estudante. A jovem não se intimidou, contra-atacou e correu com o assaltante ao pontapé.

Lorrana Braga, estudante de 23 anos, lutou com um ladrão que a ameaçou com uma pistola para lhe roubar um telemóvel. A jovem fez-se valer dos seus conhecimentos em artes marciais e pontapeou, várias vezes, o assaltante. Utilizou a técnica Morganti Jiu-Jitsu, que mistura Jiu-Jitsu, karaté e judo.

LEIA MAIS: Raí Santos encontrado enforcado ao lado dos corpos dos filhos que matou

O suspeito, surpreendido com as habilidades da vítima, fugiu do local do crime. A cena foi gravada pelas câmaras de segurança da rua onde ocorreram os factos. A Polícia visionou as imagens para identificar o suspeito, mas alertou para o perigo da atitude da vítima. «Não vale a pena arriscar a vida por bens materiais. O melhor nestas situações é render-se. A defesa pode acabar com a vida das vítimas», sublinhou o porta-voz da polícia de Brasília, no Brasil.

«Tudo aconteceu muito rápido e eu não estava a pensar com clareza»

«Tudo aconteceu muito rápido e eu não estava a pensar com clareza. Só não queria entregar o meu telemóvel. Não pensei no perigo que corria. Disse-lhe que não lhe dava o meu telemóvel porque era a segunda vez que era assaltada na mesma semana. Ele puxou-me o cabelo e apontou-me uma arma. Disse-me que ia disparar e eu optei por bater-lhe», explicou a vítima a um canal de televisão local.

LEIA MAIS: Criança de três anos passou dias ao lado do corpo da mãe

A jovem contou ainda que começou a praticar artes marciais há ano e meio, farta de ter sido assaltada várias vezes. «Vivo num país inseguro onde a vida humana vale muito pouco. Tenho de saber defender-me da melhor forma.» O assaltante foi detido e está em prisão preventiva.

Estudante começou a praticar artes marciais há ano e meio, farta de ter sido assaltada

LEIA MAIS: Detida por transportar os netos em caixas de transporte para cães


RELACIONADOS