Como é o dia a dia de João Rendeiro na perigosa prisão de Westville

João Rendeiro está em prisão preventiva na cadeia de Westville, em Durban, uma das maiores e mais perigosas prisões da África do Sul.

Como é o dia a dia de João Rendeiro na perigosa prisão de Westville

João Rendeiro está em prisão preventiva na cadeia de Westville, em Durban, uma das maiores e mais perigosas prisões da África do Sul.

João Rendeiro está em prisão preventiva na cadeia de Westville, em Durban, uma das maiores e mais perigosas prisões da África do Sul. O ex-banqueiro do BPP, de 69 anos, está isolado numa cela por questões de segurança. De acordo com o Correio da Manhã, as rotinas de João Rendeiro passam por tomar o pequeno-almoço, passar tempo ao ar livre, ler na biblioteca da prisão, tomar banho e lavar a roupa que usa na cela. No que diz respeito à comida, Rendeiro come pão, papas de aveias e bebe chá. Em certos dias consegue comer um pequeno corte de carne.

Almoçava e jantava fora diariamente

Recorde-se que João Rendeiro vivia uma vida de luxo durante os três meses em que fugiu à autoridades. Hospedado no Forest Manor Guesthouse, uma fortaleza luxuosa, segura e tecnológica, o ex-banqueiro almoçava e jantava fora diariamente e ia muitas vezes à praia. A moradia, em Umhlanga Rocks, no norte de Durban, tem sete quartos, todos com decoração distinta e inspirados em árvores. Rendeiro ocupou durante três semanas o Forest Mahogany. O quarto tem vista para a piscina, uma cama grande, televisão, cofre, casa de banho com duche e banheira, toucador, armário e sofá.

Abandonado pela mulher na África do Sul

João Rendeiro está preso há quase um mês numa cadeia sul-africana e até agora não teve qualquer contacto telefónico com a mulher, Maria de Jesus Rendeiro. O ex-banqueiro tem direito a fazer chamadas telefónicas a partir da prisão, mas o único contacto que tem tido é com a advogada, June Marks, avança o Correio da Manhã. Desde que lhe foi recusada a liberdade sob fiança, em 17 de dezembro, que Rendeiro nunca mais saiu da prisão. Passou o Natal e o Ano Novo na cadeia, sem visitas da advogada ou notícias da família. Não tem filhos e a mulher era o principal apoio em Portugal.

LEIA DEPOIS
Mulher de Rendeiro abandona marido por novo amor

Mulher de Rendeiro denunciou-o

Contactada pelo mesmo jornal, a advogada June Marks confirmou que o visita com alguma regularidade e que “ele parece bem”. Maria de Jesus Rendeiro encontra-se em prisão domiciliária na mansão do casal na Quinta Patino, em Cascais. A mulher de João Rendeiro é suspeita de crimes ligados às obras de arte do antigo presidente do BPP. Quando foi detida e interrogada, denunciou-o às autoridades. Sob forte pressão e após várias horas de interrogatório, revelou que o marido estava escondido na África do Sul e mantinha contacto com ele através de canais de comunicação encriptados.

A pista dada ao Ministério Público consolidou a investigação que estava em curso para a captura do foragido. Nessa altura, Maria de Jesus, que ficou para trás quando o marido fugiu, não forneceu mais detalhes – nem cidade e muito menos a morada exata. Em tribunal, Rendeiro assumiu que o objetivo é que a mulher também se mudasse para aquele país africano a breve trecho.

LEIA AINDA
João Rendeiro corre risco de ser violado e contrair sida na prisão

Impala Instagram


RELACIONADOS