Pijama de João Rendeiro dá pistas importantes à Polícia Judiciária

O já célebre pijama com que João Rendeiro foi surpreendido e detido revelou novas – e importantes – pistas à Polícia Judiciária.

Pijama de João Rendeiro dá pistas importantes à Polícia Judiciária

O já célebre pijama com que João Rendeiro foi surpreendido e detido revelou novas – e importantes – pistas à Polícia Judiciária.

O pijama que João Rendeiro tinha vestido quando foi surpreendido e detido, na manhã de sábado, num quarto de hotel em Durban, poderia à primeira vista ser irrelevante para os mais desatentos. No entanto, de acordo com a CNN Portugal, a verdade é que trouxe uma informação de grande relevo à Polícia Judiciária: aquela peça de vestuário pertence à Qatar Airways. Assim, este pequeno detalhe ajudou a reconstruir os passos do antigo banqueiro desde que partiu de Londres, em Setembro. Este pijama é oferecido apenas aos passageiros que viajam em primeira classe.

Rendeiro fez escala no Catar

Pijama de João Rendeiro dá pistas importantes à Polícia Judiciária
Pijama da Qatar Airways

A PJ apurou que Rendeiro chegou à África do Sul num voo desta companhia, oriundo de Doha, no Catar, onde terá feito escala de alguns dias. Antes de Durban, esteve em Joanesburgo, tendo saído de Lisboa em direção a Londres. Segundo o mesmo canal, o ex-banqueiro viajou sozinho, apresentando o passaporte verdadeiro, tendo aproveitado o facto de naquela altura ainda ter o seu nome no sistema da Interpol, visto que o mandado internacional ainda não havia sido emitido.

LEIA AINDA
As primeira imagens de João Rendeiro em tribunal

Impala Instagram


RELACIONADOS