João Rendeiro corre risco de ser violado e contrair sida na prisão

João Rendeiro já foi ameaçado de morte e corre o risco de ser contrair sida. As primeiras 72 horas de um novo recluso na prisão de Westville costumam ser marcadas por violações.

João Rendeiro corre risco de ser violado e contrair sida na prisão

João Rendeiro já foi ameaçado de morte e corre o risco de ser contrair sida. As primeiras 72 horas de um novo recluso na prisão de Westville costumam ser marcadas por violações.

Nos três primeiros dia em que um recluso dá entrada na prisão de Westville, a probabilidade de contrair sida é extremamente alta. É esta a realidade que João Rendeiro enfrenta na cadeia em que está detido e onde foi ameaçado de morte. Como escreve o Correio da Manhã, a verdade é que nem os próprios guardas escapam à extrema violência: em 13 de julho dois deles foram esfaqueados e muitos são subornados para entregar droga e telemóveis e fechar os olhos aos verdadeiros donos daquela prisão de Durban.

Rendeiro partilha cela com violadores em série

Entre os mais de 14 mil reclusos de Westville – mais do que em que todas as 49 cadeiras portuguesas – estão homicidas condenados a prisão perpétua, violadores em série, traficantes e membros de gangues violentos. De acordo com o mesmo jornal, documentários recentes revelam a existência de ‘leilões’ por parte dos chefe, que entre si escolhem os reclusos recém-entrados. Com dezenas de de detidos a partilharem camaratas, não é fácil esconder-se. A proteção paga-se com dinheiro ou com favores sexuais e João Rendeiro já é um alvo, como se comprova pelas ameaças que tem recebido.

LEIA AINDA
A gafe da CNN Portugal com o ex-banqueiro que já se tornou viral

Impala Instagram


RELACIONADOS