Saiba quem é o enfermeiro português que cuidou de Boris Johnson [foto]

Chama-se Luís Pitarma, é natural de Aveiro e é enfermeiro no hospital de St. Thomas, em Londres. Foi Luís quem ajudou Boris Johnson na luta contra a Covid-19.

Saiba quem é o enfermeiro português que cuidou de Boris Johnson [foto]

Saiba quem é o enfermeiro português que cuidou de Boris Johnson [foto]

Chama-se Luís Pitarma, é natural de Aveiro e é enfermeiro no hospital de St. Thomas, em Londres. Foi Luís quem ajudou Boris Johnson na luta contra a Covid-19.

Chama-se Luís Pitarma, é natural de Aveiro e é o enfermeiro português no hospital de St. Thomas, em LondresDe acordo com o jornal O Gaiense, é este o «Luís de Portugal» que cuidou do primeiro-ministro britânico e a quem Boris Johnson agradeceu pelo profissionalismo e dedicação lhe que prestou quando esteve internado nos Cuidados Intensivos. Johnson, que contraiu o novo coronavírus, fez-lhe um agradecimento especial este domingo [vídeo], após ter abandonado o hospital.

LEIA DEPOIS
Siamesas unidas pela cabeça estão irreconhecíveis depois de separadas

Enfermeiro português teve agradecimento especial de Boris Johnson

Não é todos os dias que se ouve um primeiro-ministro, seja de que país for, falar de amor. Mas foi o que aconteceu na mensagem de Boris Johnson, poucas horas depois de ter alta hospitalar. O primeiro-ministro britânico, que contraiu o novo coronavírus e esteve internado nos cuidados intensivos do Hospital de St. Thomas, em Londres, agradeceu ao serviço público de saúde (NHS) e fez uma referência particular aos dois enfermeiros que o acompanharam a cada segundo, ao longo das 48 horas críticas à sua sobrevivência. Um deles é português.

«O serviço nacional de saúde funciona a amor», disse o primeiro-ministro inglês

«Jenny, da Nova Zelândia, e Luís, de Portugal, perto do Porto. A razão pela qual o meu corpo conseguiu começar a receber oxigénio suficiente foi porque, a cada segundo, eles estiveram a vigiar, a cuidar e a fazer as intervenções que eu necessitava», disse o chefe do governo britânico. Reconhecendo que o NHS lhe salvou a vida, Boris Johnson reforçou ainda a importância fulcral do serviço público de saúde e rematou: «O serviço nacional de saúde funciona a amor».

Texto: Raquel Costa; Fotos: Reuters e Redes Sociais

LEIA MAIS
Namorada de CR7 oferece o bumbum aos fãs nesta Páscoa [vídeo]

Impala Instagram


RELACIONADOS