Suspeito de raptar Maddie filma-se a abusar sexualmente de menor

Christian Bruckner, o suspeito de ter raptado Maddie, era conhecido pelos amigos como “chefe de mesa”. Num dos vídeos aparece a chicotear e abusar sexualmente de uma jovem de 15 anos.

Suspeito de raptar Maddie filma-se a abusar sexualmente de menor

Christian Bruckner, o suspeito de ter raptado Maddie, era conhecido pelos amigos como “chefe de mesa”. Num dos vídeos aparece a chicotear e abusar sexualmente de uma jovem de 15 anos.

Christian Bruckner, o suspeito de ter raptado Maddie, em maio de 2007, na praia da Luz, no Algarve, era conhecido pelos amigos como “chefe de mesa”. Na base da alcunha está o facto de que o alemão “tem a tendência de alimentar-se sexualmente de raparigas pequenas ou assistir a atos sexuais com crianças“, explicam as autoridades alemãs. As várias testemunhas ouvidas por aquela força policial, Manfred Seyferth diz que viu – numa gravação de vídeo – uma rapariga amarrada a um tronco a ser chicoteada e abusada sexualmente pelo violador alemão. “Que idade tinha”, perguntaram os investigadores. “Era jovem. Só me lembro do cabelo comprido”, responde Manfred.

«Chefe de mesa, claramente»

Mais tarde, a polícia concluiu que se tratava de uma menor de 15 anos e pediu-lhe mais detalhes que permitissem confirmar a identidade de Bruckner. “O ‘chefe da mesa’, claramente, reconhecível pela voz e imagem. Ele filmou tudo sozinho. O vídeo estava tremido, não era uma imagem fixa”, explica a mesma testemunha. Mas este não foi o único vídeo a que teve acesso. “A mulher estava deitada em cima da mesa. Deve ter sido amarrada porque não se podia defender. Ele bateu-lhe com uma régua nos seios, perverso. Depois obrigou-a a (…). Reconheci-lhe o rosto. A dada altura desliguei; para mim já era suficiente; não continuei a ver”, garante. Os investigaram concluíram que se tratava de uma italiana de 40 anos.

LEIA AINDA
Suspeito de raptar Madeleine McCann usava luvas quando cometia crimes, revela amigo

Impala Instagram


RELACIONADOS