Smartphone explode sob almofada e adolescente morre durante o sono

Adolescente de 14 anos foi encontrada pelos pais já sem vida. Tinha auscultadores nos ouvidos e tinha o smartphone a carregar no momento da explosão.

Smartphone explode sob almofada e adolescente morre durante o sono

Adolescente de 14 anos foi encontrada pelos pais já sem vida. Tinha auscultadores nos ouvidos e tinha o smartphone a carregar no momento da explosão.

Uma adolescente morreu na sequência da explosão do smartphone, que se encontrava debaixo da almofada enquanto ela dormia. Alua Asetkyzy Abzalbek, de 14 anos, vivia em Bastobe, no Cazaquistão, e usava auscultadores enquanto o telemóvel carregava. A rapariga foi encontrada pelos pais, na manhã de domingo, 29 de setembro, com vários ferimentos no rosto. Os paramédicos foram chamados, mas nada puderam fazer. O óbito acabaria por ser declarado no local.

LEIA DEPOIS
Irmã de Diana Chaves já é mãe: «Nasceram perfeitinhos»

Smartphone terá explodido por sobreaquecimento

O smartphone terá explodido sob a almofada «devido a sobreaquecimento», explicaram as autoridades, citadas pela Imprensa local. A marca do aparelho e a informação sobre se o carregador era original não foram divulgados. Além do perigo de explosão, que pode causar «sérios ferimentos e até mesmo a morte», manter aparelhos eletrónicos junto à cama «pode causar outros problemas», como, explicam especialistas, «ter o sono prejudicado pela luz azul, sofrer de disfunções de humor e de comportamento, podendo até chegar-se à depressão pelo uso excessivo de redes sociais e também prejudica a visão, por forçar os olhos na escuridão».

LEIA MAIS
Previsão do tempo para esta quarta-feira, 2 de outubro
O mistério em torno do telemóvel de Luís Grilo [a nova tese]

Impala Instagram


RELACIONADOS