Adolescente esfaqueia e queima corpo da mãe por dois euros

Matou a mãe porque ela se terá negado a dar-lhe 10 reais (pouco mais de dois euros). Confessou o crime, mas não foi detido.

Adolescente esfaqueia e queima corpo da mãe por dois euros

Matou a mãe porque ela se terá negado a dar-lhe 10 reais (pouco mais de dois euros). Confessou o crime, mas não foi detido.

A Polícia Civil do Mato Grosso do Sul, Brasil, deteve para interrogatório um jovem de 19 anos, na cidade de Dourados, por suspeita de homicídio. A vítima é a própria mãe, de 42 anos. O adolescente terá exigido 10 reais (pouco mais de 2 euros). Perante a recusa da progenitora, o suspeito esfaqueou-a até à morte e, em seguida, queimou o corpo. Segundo o jornal online iG, Paulinho, como é conhecido na zona, confessou o crime. Assume que esfaqueou Marina porque pediu dinheiro quando a bebida que eles consumiam tinha acabado e ela negou o pedido.

LEIA DEPOIS
Ano novo | 11 passos para se reinventar e tornar 2020 diferente

Jovem não foi preso por não ter sido apanhado em flagrante

Foi indiciado por homicídio qualificado, mas não foi preso após confessar o crime, por não ter sido apanhado em flagrante. Segundo a Polícia, Paulinho Cabreira estava a beber com a mãe e com o namorado dela. O padrasto foi dormir e, ao acordar, deparou-se com o corpo da mulher em chamas. Marina Cabreira, mãe de Paulinho, tinha marcas de facadas no corpo. O suspeito chegou a prestar um primeiro depoimento à polícia, no qual culpou o padrasto pelo crime. O jovem tem um passado de violência em relação à mãe. Segundo testemunhas, as agressões eram recorrentes e teria, até, tentado violentá-la sexualmente em várias ocasiões.

LEIA MAIS
[Finalmente] chegou um comprimido para emagrecer que não faz mal ao coração
Brumadinho | Quase um ano após a tragédia mais 2 corpos identificados [vídeo]

Impala Instagram


RELACIONADOS