Cortaram patas e cauda a cão de 2 meses e deixaram-no para morrer [vídeo]

Cortaram patas e cauda a um cão e deixaram-no para morrer, numa floresta turca. Caso já levou à intervenção do governo local.

Cortaram patas e cauda a um cão e deixaram-no para morrer, numa floresta turca. O caso já levou à intervenção do governo, que prometeu alterações à lei de defesa os direitos dos animais.

LEIA MAIS: Queda de árvore provoca ferido grave em trabalhador da Câmara [vídeo]

O cão, com pouco mais de dois meses, foi mutilado nas patas e cauda e deixado para morrer numa floresta em Sakarya. Foi socorrido por um morador que encaminhou o cachorro para o veterinário.

As imagens chocantes do animal mutilado foram amplamente partilhadas, levando a uma onda de contestação na Turquia. A polícia local não mediu esforços para identificar o autor do crime que foi, entretanto, detido para prestar declarações.

Cortaram patas e cauda a cão de 2 meses e deixaram-no para morrer [vídeo]
O presidente turco, Tayyip Erdogan, declarou que o suspeito não negou os factos
Contudo, mesmo que venha a ser considerado culpado, não cumprirá pena de prisão efetiva, visto que a lei turca não o prevê. O presidente, Tayyip Erdogan, declarou à comunicação social que o suspeito é operador de máquinas para construção e que este não negou os factos.

Autor do corte de patas e cauda do cão pagará apenas multa por maus-tratos a animal

O governo turco procedeu ao pagamento do tratamento do cão, mas o animal acabou por não resistir à intervenção cirúrgica a que foi sujeito.

«Esta brutalidade contra um ser pequeno é uma manifestação dolorosa da perda dos valores no nosso país. Acreditamos em Deus e esperamos que chorem a morte deste pequeno cachorro», afirmou também o líder do maior partido da oposição turca.

LEIA MAIS: Explosão de autocarro no centro da cidade faz várias vítimas [vídeo]

Há dois meses, um outro caso com um animal uniu os turcos. Contudo, tratou-se de uma história com final feliz. Um idoso perdeu todos os seus pertences num incêndio, exceto o seu animal de companhia.

A população na altura sensibilizou-se de tal forma com o desesperado apelo do idoso que não mediu esforços para salvar o seu melhor amigo.

«Esta brutalidade contra um ser pequeno é uma manifestação dolorosa da perda dos valores no nosso país»

LEIA MAIS: Urso revoltado ataca mulher próximo de estádio do Mundial 2018 [vídeo]

 


RELACIONADOS

Cortaram patas e cauda a cão de 2 meses e deixaram-no para morrer [vídeo]

Cortaram patas e cauda a um cão e deixaram-no para morrer, numa floresta turca. Caso já levou à intervenção do governo local.