Bebé morre com overdose de droga usada pelos pais

Menor de 11 meses tomou fentanil, que terá encontrado em casa. Pais do bebé foram acusados de homicídio por negligência grave.

Bebé morre com overdose de droga usada pelos pais

Bebé morre com overdose de droga usada pelos pais

Menor de 11 meses tomou fentanil, que terá encontrado em casa. Pais do bebé foram acusados de homicídio por negligência grave.

Kristen Bristow, de 30 anos, e Charles Salzman Jr., de 31, foram acusados pelo Tribunal da Pensilvânia, Estados Unidos da América, de homicídio por negligência grave. A acusação foi feita após o resultado da autópsia ao filho, de 11 meses, que revelou a morte por overdose de fentanil, droga pesada consumida habitualmente pelos pais. Segundo a Polícia de Cochranville, o casal estaria sob o efeito dessa substância quando o filho a ingeriu, em casa, «onde se encontrava sem qualquer tipo de supervisão». As autoridades foram chamadas ao local na noite de 27 de setembro para «auxiliar um bebé que não respirava». À chegada, os agentes depararam-se com o bebé em paragem cardiorrespiratória. A criança ainda foi encaminhada para o hospital, onde chegou já sem vida.

LEIA DEPOIS
Smartphone explode sob almofada e adolescente morre durante o sono

Pais do bebé detidos assim que o resultado da autópsia foi conhecido

A autópsia acabaria por revelar a causa da morte por overdose. O casal foi detido no dia em que foi conhecido o relatório do médico legista. Segundo o jornal New York Post, Salzman e Bristow deixaram a droga «à vista» e encontravam-se inconscientes dentro do quarto após terem ingerido a mesma substância. Ainda segundo a mesma fonte, o casal já estava sinalizado pela Segurança Social por negligência ao filho. «A educadora da creche já tinha avisado as autoridades de que o bebé ia muitas vezes para o estabelecimento escolar sem cuidados de higiene e com a fralda muito suja. O bebé apresentava, muitas vezes, assaduras no rabo por falta de cuidados e ainda mão tinha qualquer vacina», escreve o New York Post. O casal enfrenta pena máxima de 40 anos de prisão e encontra-se detido preventivamente a aguardar julgamento.

LEIA MAIS
Previsão do tempo para esta quarta-feira, 2 de outubro
Menina de 9 anos encontrada morta pendurada em árvore

Impala Instagram


RELACIONADOS