Agência de viagens CidadeTur acusada de burlas de milhares de euros

A agência de viagens CidadeTur, localizada no Porto, está a ser alvo de inúmeras queixas por alegadas burlas. No Portal da Queixa são dezenas os utilizadores que se queixam de ter ficado sem férias e sem dinheiro.

Agência de viagens CidadeTur acusada de burlas de milhares de euros

Agência de viagens CidadeTur acusada de burlas de milhares de euros

A agência de viagens CidadeTur, localizada no Porto, está a ser alvo de inúmeras queixas por alegadas burlas. No Portal da Queixa são dezenas os utilizadores que se queixam de ter ficado sem férias e sem dinheiro.

Dezenas de pessoas queixam-se de que foram burladas pela CidadeTur, uma agência de viagens do Porto. Garantem ter comprado pacotes de férias que nunca vieram a realizar e, agora, não conseguem ser reembolsados. Os lesados já fizeram várias tentativas de contacto com a dona da agência, mas foram bloqueados nas redes sociais e os telefones estão sempre desligados. Em alguns as somas ascendem aos vários milhares euros.

No Portal da Queixa as queixas acumulam-se. A primeira foi feita em dezembro passado. No entanto, foi em agosto e setembro que as queixas se começaram a multiplicar. As mais recentes são praticamente todas iguais, sejam viagens para Ibiza, Malvinas, Punta Cana, México, Cabo Verde ou Cuba. Compraram pacotes de férias mas, poucos dias antes ou mesmo na véspera da ida, foram informados de que a viagem tinha sido cancelada. Não foram de férias e nunca receberam o dinheiro.

«Como é óbvio não havia qualquer reserva»

“Como tantos outros contribuintes eu sou mais uma cliente burlada pela D.* . Por intermédio de uma amiga foi me dado a conhecer um pacote de viagem as Maldivas para Outubro, pacote esse com preço bastante aliciante. Assim como a minha amiga entramos em contacto com a D,* ela apresentou duas ofertas dentro do mesmo pacote , escolhemos o que nos agradou mais. A D.* sempre cordial e simpática falou que teríamos que dar um sinal no mínimo de 30% e semanas antes da viagem pagar o restante é levantar os bilhetes.

Combinamos a modalidade de pagamento e ela deslocou-se ao meu local de trabalho para levantar o respetivo sinal com a promessa de enviar fatura por mail. Até hoje nunca aconteceu. Achei estranho até à data ela nunca mais ter entrado em contacto mas assim como outras pessoas confiei visto ser indicada por uma amiga. Para meu espanto, através da comunicação social deparo-me com a notícia, incrédula enviei e-mail para o hotel e companhia aérea e como é óbvio não existia qualquer reserva.

Tentei entrar em contacto com a dita senhora burlona mas sem sucesso. Entretanto enviei mensagens pela plataforma Facebook e para meu espanto, a dita senhora leu todas as mensagens mas não respondeu. Venho aqui deixar a minha reclamação; o sinal foi dado dia 18/06/22. Espero pelo menos recuperar esse dinheiro. Tenho todos os documentos bancários que provam a transação”, escreveu uma utilizadora no Portal da Queixa.

Impala Instagram


RELACIONADOS