Assassinou mulher e filha e escondeu os corpos na banheira

Um homem de 44 anos assassinou a mulher e a filha adolescente. Depois tentou matar o filho que conseguiu escapar com vida.

Assassinou mulher e filha e escondeu os corpos na banheira

Um homem de 44 anos assassinou a mulher e a filha adolescente. Depois tentou matar o filho que conseguiu escapar com vida.

Hernando Enriquez, homem de 44 anos do Arizona, espancou a mulher e a filha adolescente até à morte. Depois, escondeu os corpos numa banheira em casa. O caso está a chocar o estado do Arizona. Além deste duplo homicídio, em que assassinou a família, o homem ligou para a escola do filho, também adolescente, para que este viesse mais cedo para casa. Quando o jovem de 17 anos chegou, o pai tentou matá-lo como já tinha feito com a filha, de 15 anos, e a mulher, de 44.

LEIA DEPOIS
Menina que estava desaparecida morre dois meses depois de resgatada

Assassinou mulher e filha e tentou também matar o filho

O filho de Hernando foi esfaqueado e espancado com um martelo quando chegou a casa. O adolescente contou às autoridades que o pai apenas lhe dizia «Deixa-me fazer o que preciso de fazer». «Tirei-te a mãe e a irmã e preciso de acabar com isto!» Ensanguentado, o adolescente conseguiu fugir e correr para a casa dos vizinhos. Bateu à porta aos gritos para alertar os que estavam lá dentro. O vizinho ligou para o 112 e, quando a polícia chegou, Herdinando estava em cima do filho a tentar sufocá-lo. De acordo com o relatório da polícia, Enriquez recusou-se a cooperar. Por isso, a polícia usou um taser para subjugá-lo antes de o prender. Em confronto com os agentes, o homem apenas pedia repetidamente «Matem-me». Até ao momento, não foram encontrados motivos para a atitude do homicida.

LEIA MAIS

Previsão do tempo para domingo, 19 de maio
Condutor tenta apagar incêndio no carro e termina em chamas [vídeo]
Cirurgia inédita: mãe doa intestino e salva vida da filha

Impala Instagram


RELACIONADOS