Pai injeta heroína nos filhos bebés para ajudá-los a adormecer

Um pai injetou heroína nos dois filhos mais novos para “ajudá-los a adormecer”. Bebé nasceu com síndrome de abstinência neonatal porque a mãe consumia opiáceos durante gravidez.

Pai injeta heroína nos filhos bebés para ajudá-los a adormecer

Pai injeta heroína nos filhos bebés para ajudá-los a adormecer

Um pai injetou heroína nos dois filhos mais novos para “ajudá-los a adormecer”. Bebé nasceu com síndrome de abstinência neonatal porque a mãe consumia opiáceos durante gravidez.

Um pai injetou heroína nos dois filhos bebés para “ajudá-los a adormecer”. De acordo com relatos recolhidos pela polícia, duas crianças e dois irmãos mais velhos apresentavam sequelas causadas por negligência que duraram vários anos. A criança mais nova sofre de síndrome de abstinência neonatal, que se deve à contínua exposição in útero a opiáceos durante a gestação.

Crianças testaram positivo para opiáceos

Os menores estavam a ser acompanhadas desde 2018 na sequência de um caso de violência doméstica. Um ano depois, a filha mais velha afirmou que preferia ir para uma família de acolhimento do que voltar para casa. Para além disso, denunciou que o pai estaria a injetar droga nos filhos mais novos, de 18 meses e dois anos e meio. “Os testes para despiste de opiáceos deram positivo para as duas crianças. Suspeita-se que os dois pais preferiam manter o vício de drogas do que cuidar dos filhos”, denunciaram os serviços sociais. As crianças foram-lhe retiradas e estão agora numa casa de acolhimento.

Mãe e amante esmurram e pisam bebé de 16 meses até à morte

Star Hobson, uma bebé de 16 meses, foi pisada e esmurrada até a morte pela mãe e amante. O crime aconteceu em 22 de setembro de 2020 em Keighley, Inglaterra, e a dupla de homicidas começou a ser julgada nesta quarta-feira, num julgamento que decorre durante os próximos dias. De acordo com o depoimento feito em tribunal, a criança morreu com “ferimentos catastróficos”, tendo sofrido uma paragem cardíaca. O óbito foi dado já no hospital. A mãe, Frankie Smith, de 20 anos, e a amante Savannah Brockhill, de 28 anos, negam o homicídio. [… continue a ler aqui]

LEIA AINDA
Bebé come os próprios dedos após mãe morrer em casa com overdose

Impala Instagram


RELACIONADOS