Morre abandonada no corredor após cirurgia e clínica exige que família pague a operação [vídeo]

Espanhola fez uma cirurgia estética para aumentar as mamas e terá sido deixada num corredor em convulsões após a operação.

Morre abandonada no corredor após cirurgia e clínica exige que família pague a operação [vídeo]

Espanhola fez uma cirurgia estética para aumentar as mamas e terá sido deixada num corredor em convulsões após a operação.

Isabella Betancourt, de 23 anos, perdeu a vida após uma cirurgia estética para aumentar o tamanho das mamas numa cínica de Valência, em Espanha. Lina, como era conhecida pelos amigos, foi operada por um cirurgião alegadamente de renome e outros funcionários da cadeia de estética Dorsia. A operação deveria ter demorado cerca de uma hora, mas estendeu-se por mais três.

Preocupada, a melhor amiga da vítima dirigiu-se à zona das cirurgias e encontrou Lina em convulsões, numa maca, num corredor. Pediu ajuda e a paciente foi socorrida e encaminhada para um hospital público, onde lhe foi declarada morte cerebral após várias paragens cardiorrespiratórias.

LEIA DEPOIS
Anabela Barreto pediu ajuda a Fátima Lopes, mas perdeu batalha contra o quarto cancro [vídeo]

Clínica onde a cirurgia estética foi realizada rejeita ter havido negligência médica

Segundo o canal de televisão espanhol La Sexta, a clínica está a exigir o pagamento da intervenção cirúrgica. Andrea Sáez, advogada da família, afirmou que a vítima foi «abandonada» pela equipa médica e «não foi socorrida a tempo» de evitar a sua morte. Acrescenta ainda que a família se recusa a pagar e que «apresentou queixa por negligência» médica.

«Como deixam uma paciente sozinha num corredor entregue à sua sorte? Como podem pedir a uma família de luto, depois de terem abandonado um ser humano para morrer, que pague seja o que for?» A clínica emitiu, entretanto, um comunicado. Nega qualquer negligência e afirma ter cumprido «com todos os procedimentos normais após uma cirurgia». Contudo, admite que irá abrir um inquérito para apurar responsabilidades. Nomeadamente para saber se houve negligência por parte do anestesista.

Texto: Luís Martins, com Cynthia Valente | WiN Porto

LEIA MAIS
Previsão do tempo para esta quinta-feira, 28 de novembro
Corpos encontrados em camião no Reino Unido começam a chegar ao Vietname

Impala Instagram


RELACIONADOS