Ataque suicida mata pelo menos 20 militares da Guarda Revolucionária do Irão

Um ataque suicida contra a Guarda Revolucionária do Irão fez hoje pelo menos 20 mortos e 20 feridos, no sudeste do país, segundo uma agência estatal de notícias.

Ataque suicida mata pelo menos 20 militares da Guarda Revolucionária do Irão

Ataque suicida mata pelo menos 20 militares da Guarda Revolucionária do Irão

Um ataque suicida contra a Guarda Revolucionária do Irão fez hoje pelo menos 20 mortos e 20 feridos, no sudeste do país, segundo uma agência estatal de notícias.

O ataque terrorista, com bomba, ainda não foi reivindicado e aconteceu na província de Sistan-Baluchistan. Trata-se de uma importante rota de tráfico de ópio, que tem sido palco de numerosos confrontos entre as forças governamentais e forças separatistas da região.

Segundo a agência estatal de notícias IRNA, as vítimas pertencem todas à Guarda Revolucionária, uma poderosa organização militar, sob ordens diretas do líder supremo do Irão, o ayatollah Ali Khamenei.

Guarda já tinha sido alvo de um outro ataque

Em 2009, a Guarda Revolucionária foi alvo de um outro atentado terrorista, que vitimou mortalmente seis comandantes da organização, na mesma província do ataque de hoje.

LEIA MAIS
Última Hora: Tribunal rejeita mandar hacker do Benfica para a prisão
Freira finge a própria morte para fugir do convento

 

Impala Instagram


RELACIONADOS