Adolescente de 17 anos de bairro pobre cuida sozinha de sete filhos

Uma jovem de apenas 17 anos é já é mãe de sete crianças. Ficou grávida pela primeira vez aos 13 e teve duas gravidezes de trigémeos.

Adolescente de 17 anos de bairro pobre cuida sozinha de sete filhos

Uma jovem de apenas 17 anos é já é mãe de sete crianças. Ficou grávida pela primeira vez aos 13 e teve duas gravidezes de trigémeos.

Pamela Villarruel, natural da província de Córdoba, na Argentina, cuida sozinha dos seus sete filhos. A jovem foi mãe pela primeira vez aos 13anos. Menos de um ano depois de ter sido abandonada pelo namorado, começou uma nova relação e engravidou de novo. Desta feita, a adolescente teve trigémeas. O pai das meninas, maior de idade, viveu com as filhas e Pamela alguns meses, mas acabou por abandoná-las e saiu de casa, deixando a adolescente com quatro menores a cargo. Os vizinhos de Pamela alertaram as autoridades policiais sobre a situação e as relações com homens mais velhos, mas, segundo relatam, «ninguém quis saber dela». Aos 16 anos, Pamela foi viver com um indivíduo de 35 anos, divorciado. Voltou a ficar grávida e, de novo, enfrentou uma gestação de trigémeas.

Adolescente é mãe de seis meninas e um menino

Agora, com 17 anos, tem a seu cuidado seis meninas e um menino. A viver com grandes carências, sobrevive com a ajuda de vizinhos e do estado argentino. Os moradores da comunidade onde vive conseguiram-lhe uma casa. Contudo, o que consegue ganhar nos dois empregos que tem não chega para fazer face às despesas. Alguns anónimos têm feito doações para que Pamela Villarruel e os filhos tenham uma vida digna. Contudo, muitas pessoas criticam a jovem. Acusam-na de ter sido negligente ao não evitar as gravidezes, sabendo que não tinha condições para ter tantos filhos. A mãe de Pamela assegura que, depois do nascimento das primeiras trigémeas, a filha «começou a tomar a pílula», mas que, «ainda assim, engravidou». Conta, ainda, que pediu «ao médico assistente para que esterilizasse» a filha, Algo que lhe «foi negado». Disseram que «só o podiam fazer quando ela tivesse 21 anos», critica a mãe da adolescente.

LEIA MAIS

Previsão do tempo para domingo, 17 de março

Mulher morta pelo marido em Vieira do Minho. Assassino justifica-se nas redes sociais após crime

Tragédia de Vieria do Minho: Jorge Gabriel entrevistou agressor e vítima [vídeo]

Impala Instagram


RELACIONADOS