Homem em «morte cerebral» acorda após máquinas serem desligadas

Homem acorda depois de terem desligado as máquinas que supostamente o mantinham vivo. O caso está a ser visto como um milagre.

Homem em «morte cerebral» acorda após máquinas serem desligadas

Homem em «morte cerebral» acorda após máquinas serem desligadas

Homem acorda depois de terem desligado as máquinas que supostamente o mantinham vivo. O caso está a ser visto como um milagre.

O norte-americano T. Scott Marr foi encontrado inconsciente na sua própria casa, por um dos filhos. No hospital, em Omaha, no estado do Nebraska, os médicos explicaram que o homem tinha sofrido um AVC. Considerando que o acidente vascular cerebral tinha provocado danos irreversíveis, os especialistas declararam o paciente em «morte cerebral», dois dias após o incidente. Recordando a vontade do pai, os filhos decidiram desligar as máquinas que supostamente mantinham o pai vivo. «Ele sempre nos disse que não gostaria de ser visto preso a uma cama de hospital», contou Preston Marr, uma das filhas, ao canal de televisão KMTV.

LEIA DEPOIS
Verdadeiro ou falso? | Ibuprofeno provoca infertilidade nos homens

«Isto foi tudo um milagre de Deus. Eu não morri. Eu não tive de morrer. Estou aqui de volta»

No entanto, quando os aparelhos foram desligados T. Scott Marr continuou a respirar. Apesar de ser incomum, os médicos acharam que era uma questão de tempo para que o paciente morresse e aconselharam os filhos a preparar o funeral. Um dia depois, o homem não só continua a respirar como responde a estímulos. «Isto foi tudo um milagre de Deus. Eu não morri. Eu não tive de morrer. Estou aqui de volta», conta T. Scott Marr, que não só acorda do coma como já teve alta hospitalar. Contudo, o homem terá pela frente um longo processo de recuperação.

LEIA MAIS
Jovem de 22 anos faz filmes porno para pagar licenciatura e recebe prémio de melhor aluna
Bebé nasce com 28 semanas e 400 gramas e consegue sobreviver

Impala Instagram


RELACIONADOS