Irmãs morrem afogadas ao tentarem salvar a mais nova

Quatro irmãs tentaram salvar a mais nova. Três delas acabaram por não aguentar a força das águas daquele rio. O pai tentou também salvá-las, mas sem sucesso.

Uma família numa localidade de Nova Bandeirantes, no Brasil, ficou devastada este domingo. Três filhas, de 9, 10 e 13 anos de idade, morreram afogadas no Rio São João. A polícia e um grupo de pescadores demorou cerca de 40 minutos a encontrar os corpos e retirá-los da água.

LEIA MAIS: Homem filmado a tentar afogar a mulher no rio Águeda

“Infelizmente, elas entraram no rio para tentar salvar a irmã mais nova, de cinco anos, que foi a primeira que entrou no poço fundo. As outras três entraram, uma puxando a outra, para pegar a irmãzinha, achando que seria raso, e acabaram por cair no poço de aproximadamente quatro metros de profundidade”, contou o membro da polícia.

A mais nova das irmãs estava a ser salva pelas outras três, sendo que a quarta irmã era a única que sabia nadar e acabou por sobreviver, tal como o pai que saiu ileso, apesar de se ter afogado. Segundo a publicação local, Livre, todas foram levadas pelo rio para um poço e quando a polícia chegou ao local, as crianças já tinham morrido.

A polícia relata que as crianças estavam a brincar numa zona de areia, a cerca de 30 metros da água. Um dos agentes diz que a água atingiu uma proporção para alcançar a criança e levá-la a um poço que estava lá perto. “Pela pequenininha ser mais leve, acredito que a água levou-a e acabou por acontecer essa fatalidade”.

A família está em choque. Naquele momento, a mãe só chorava e gritava, bem como implorava à polícia para fazer alguma coisa. Foi posteriormente levada para o hospital mais próximo receber apoio psicológico.

LEIA MAIS: Leia a emotiva carta dos pais do menino que morreu preso numa piscina em Azeitão


RELACIONADOS

Irmãs morrem afogadas ao tentarem salvar a mais nova

Quatro irmãs tentaram salvar a mais nova. Três delas acabaram por não aguentar a força das águas daquele rio. O pai tentou também salvá-las, mas sem sucesso.