10 dicas para melhorar as suas finanças em 2023

Estas são as dicas que deve seguir para enfrentar os aumentos generalizados dos preços e equilibrar as suas finanças em 2023.

10 dicas para melhorar as suas finanças em 2023

10 dicas para melhorar as suas finanças em 2023

Estas são as dicas que deve seguir para enfrentar os aumentos generalizados dos preços e equilibrar as suas finanças em 2023.

Dissemos adeus às festividades e recebemos um novo ano, mas apesar dos desejos feitos na esperança de um 2023 promissor, a verdade é que durante este mês o orçamento dos portugueses encontra-se bastante ressentido pelos gastos que foram feitos em dezembro e pelo aumento generalizado dos preços anunciados dia 1. O aumento dos valores das rendas, prestações da casa, energia, portagens ou transportes, podem estar a dificultar a entrada com o pé direito neste novo ano para várias famílias portuguesas. Mas a boa notícia é que não tem de deitar já este plano por terra uma vez que, apesar deste mês atípico, ainda vai a tempo de começar o ano a poupar. E quem o diz é a Selectra, especialista em matérias de poupança, que delineou um guia com dicas para ajudar a meter as suas despesas em ordem.

1. Faça um inventário das suas despesas mensais

Primeiro que tudo, tire um dia para analisar a sua situação financeira atual e fazer um planeamento de todas as despesas fixas mensais (como a renda, eletricidade, água e internet), assim como quaisquer pagamentos pontuais que vão surgir (por exemplo, o seguro do carro ou imposto único de circulação). Para organizar estes dados, pode até recorrer a uma tabela de Excel de modo a distribuir o seu rendimento consoante estas despesas, e definir limites de quanto pode gastar em atividades de lazer ou no supermercado, não se esquecendo de retirar sempre uma percentagem para colocar de parte e começar assim a fazer um pézinho de meia.

2. Reveja as suas subscrições

Se durante o ano passado, subscreveu algum canal de streaming, música ou notícias, este é o momento de refletir se realmente usufrui dele ou são raras as vezes em que o utiliza, para poder decidir se quer mesmo continuar a pagar por este serviço ou mais vale cancelá-lo por agora e poupar esse dinheiro.

3. Informe-se sobre subvenções e subsídios

Para quem tem um orçamento mais apertado, talvez seja boa ideia pesquisar sobre que tipo de apoios pode pedir para conseguir reduzir o custo de algumas despesas e respirar um pouco mais de alívio. A tarifa social de eletricidade ou internet são alguns exemplos de descontos sociais que reduzem o custo destes serviços em mais de 30% no caso de energia e definem um preço acessível de 6,15€ para pacotes de internet.

Para ler depois
Humidade em casa? Sete truques que podem ajudar
Eis as melhores soluções para o ajudar a resolver os problemas de humidade em sua casa. (… continue a ler aqui)

4. Compare preços e ofertas

É certo que o aumento dos preços foi generalizado a todas as companhias desses setores, mas ainda assim há sempre várias ofertas feitas pelas empresas de modo a captar a atenção dos consumidores, como os supermercados. E por isso, é importante que reserve um dia para pesquisar sobre quais são os locais que oferecem os melhores preços para os produtos que pretende adquirir, de modo a ser capaz de fazer uma decisão ponderada.

5. Cuidado com os pagamentos a prestações

Adquirir um produto caro, com a facilidade de poder pagá-lo em baixas quantias durante alguns meses, pode ser uma ideia bastante tentadora. Contudo, pode ser também meio caminho andado para a acumulação de dívidas mensais que lhe boicotam o seu plano financeiro para 2023. Assim, deve evitar ceder a esta prática e pagar o produto na íntegra, sempre que possível, para saber desde logo qual o corte no orçamento que vai ter.

6. Invista na economia circular

Comprar artigos em segunda mão nunca esteve tão na moda. Por isso, aproveite essa tendência e aventure-se em plataformas como a Vinted ou a Wallapop que lhe permitem dar uma segunda vida a peças de roupa, livros ou produtos tecnológicos que estão como novos e lhe saem bastante mais em conta do que se fossem adquiridos nos seus sites oficiais.

7. Mantenha um consumo energético responsável

Existem algumas despesas fixas que são impossíveis de eliminar, como é o exemplo da fatura de energia. No entanto, segundo a Selectra há maneiras bastante eficientes de as reduzir através de pequenas mudanças no nosso dia a dia, tais como:

– A mudança de todas as suas lâmpadas para modelos LED;

– Evitar ter os aparelhos em modo stand-by;

– Desligar o aquecimento sempre que se ausentar de casa.

Para ler depois
Descubra quantas vezes deve fazer xixi por dia
Especialista revela quantas vezes deverá fazer xixi por dia bem como o truque para descobrir se urina de forma saudável. (… continue a ler aqui)

8. Planeie as refeições semanais

Outra estratégia bastante eficaz para poupar dinheiro é reservar 1 dia para planear as refeições de toda a semana, já que o ajuda a comprar apenas os alimentos que vai necessitar para esses dias, evitando assim as compras por impulso, e permite-lhe ainda ter sempre as refeições prontas para não ter de recorrer a serviços de entrega quando não tem tempo de cozinhar.

9. Poupe o que puder sempre que puder

Mesmo que comecemos o ano cheios de boas intenções, temos de aceitar que há meses e meses. Ou seja, nem sempre será possível tirar parte do orçamento para o fundo de poupança porque há despesas pontuais que surgem e acabam por nos estragar os planos. Assim, o conselho da especialista é que poupe sempre que tiver oportunidade. Isto é, se num mês conseguir poupar 30% do seu rendimento, invés dos 20% a que se tinha proposto, não hesite em fazê-lo, já que servirá como compensação para aqueles meses mais difíceis.

10. Envolva toda a família

E por último, mas não menos importante, envolva toda a sua família neste plano, já que todos representam um importante papel nas finanças domésticas! E no caso dos mais novos, será até uma boa oportunidade para começar a explicar-lhes alguns conceitos e encorajá-los a interessarem-se mais por estes temas

Impala Instagram


RELACIONADOS