Coronavírus | Mapa interativo mostra progressão da doença em todo o Mundo

Mapa é desenvolvido com base em dados da Organização Mundial de Saúde, Centro de Controlo e Prevenção de Doenças e a Comissão Nacional de Saúde da China.

Coronavírus | Mapa interativo mostra progressão da doença em todo o Mundo

Mapa é desenvolvido com base em dados da Organização Mundial de Saúde, Centro de Controlo e Prevenção de Doenças e a Comissão Nacional de Saúde da China.

Esta segunda-feira, 27 de janeiro, dia em que foi confirmada a primeira vítima mortal em Pequim, na China, e o Governo português quer retirar por via aérea os portugueses retidos em Wuhan, cidade chinesa onde o coronavírus foi detetado pela primeira vez,  a Universidade de Johns Hopkins, em  Baltimore, nos EUA, desenvolveu um mapa interativo que permite acompanhar, em tempo real e evolução do número de casos do novo coronavírus (2019-nCoV) confirmados pelo mundo. O mapa é desenvolvido com base em dados da Organização Mundial de Saúde, Centro de Controlo e Prevenção de Doenças e a Comissão Nacional de Saúde da China, após receber fontes do Governo chinês.

Veja o mapa aqui.

Embaixada portuguesa quer retirar portugueses da cidade chinesa logo que possível

Num dia em que a China eleva para 82 mortos e mais de 2700 infetados o balanço de vítimas do novo coronavírus detetado no final do ano em Wuhan, capital da província de Hubei (centro), o presidente da câmara de Wuhan, Zhou Xianwang, admitiu que o Governo omitiu informação sobre o coronavírus e revelou que da cidade cinco milhões de pessoas, antes da mesma ter sido fechada

Num comunicado dirigido aos cerca de 20 portugueses que residem em Wuhan, a embaixada portuguesa esclarece que iniciou “de imediato todos os passos” para proceder à retirada por via aérea, recorrendo a um avião civil fretado que os “vá buscar a Wuhan” e dali os “leve diretamente para Portugal”. “É este o plano que está a ser equacionado em Lisboa e sobre o qual estamos a pedir as devidas autorizações às autoridades chinesas de Pequim e de Hubei [província chinesa da qual Wuhan é capital]”, lê-se na nota.

Além da China, também Macau, Hong Kong, Taiwan, Tailândia, Cambodja, Japão, Coreia do Sul, EUA, Singapura, Vietname, Nepal, Malásia, França, Austrália e Canadá já confirmaram casos deste novo coronavírus.

Texto: Carla S. Rodrigues com Lusa

LEIA MAIS
Homem escreve SOS na neve e é resgatado após três semanas sozinho [vídeo]

Impala Instagram


RELACIONADOS