Legionella detectada em escola do Alentejo

A bactéria legionella foi detectada nos chuveiros do balneário do pavilhão gimnodesportivo da Escola Básica nº 1 de Pias, em Serpa.

Legionella detectada em escola do Alentejo

Legionella detectada em escola do Alentejo

A bactéria legionella foi detectada nos chuveiros do balneário do pavilhão gimnodesportivo da Escola Básica nº 1 de Pias, em Serpa.

A análise feita no dia 19 demonstrou a presença de colónias de bactérias de legionella nos chuveiros do balneário do Pavilhão Gimnodesportivo da Escola Básica de Pias, concelho de Serpa, distrito de Beja.

A médica Felicidade Ortega, da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA), falou com Agência Lusa e revelou que a presença da bactéria legionella foi detectada em análises regulares que a Câmara de Serpa faz e que «a utilização dos chuveiros foi imediatamente interditada», afirmando «determinou-se a implementação de procedimentos convencionados para este tipo de situações», com a realização de purga e desinfecção térmica e/ou química da rede predial.

LEIA MAIS: António Raminhos: «É uma doença da qual ainda não me livrei»

A médica da ULSBA referiu ainda que não foram registados casos de doença «entre alunos, professores e funcionários da escola», estando a entidade responsável «a acompanhar a situação».

A comunidade educativa (pais, professores e auxiliares de acção educativa já tiveram «uma sessão de esclarecimento e informação» de forma a explicar procedimentos e próximos passos.

 

Impala Instagram


RELACIONADOS