Amante de Rosa Grilo pede prisão especial: «Sou linchado num instante»

António Joaquim, amante de Rosa Grilo, pediu para ir para uma cadeia especial. Consciente dos perigos que corre, António teme pela vida.

António Joaquim, amante de Rosa Grilo, pede a juíza para mudar para cadeia especial. Funcionário judicial há mais de 18 anos, o cúmplice de Rosa tem conhecimento das represálias que pode sofrer dentro de cadeia comum e teme pela vida.

LEIA MAIS: Passados 5 meses do assassinato de Gabriel Cruz, pais podem finalmente cremar o corpo do menino

«Só lhe peço que não me mandem para uma cadeira comum. Nunca conseguiria sobreviver», disse à juíza.

O arguido explicou as razões que o levaram a fazer este pedido.

«Trabalhei quase sempre na área criminal, estive pouco mais de um ano no civil. Tenham isso em atenção, senão não chego ao julgamento». António acrescentou ainda que «o estatuto» lhe permite ficar numa «cadeia de agentes de PSP».

LEIA MAIS: Mulher de triatleta e amante esperavam que javalis devorassem cadáver de Luís Grilo

O pedido foi parcialmente realizado. O amante de Rosa Grilo não foi para uma cadeia comum. António está numa cela individual, num ambiente protegido, no estabelecimento prisional anexo à Polícia Judiciária, em Lisboa.

Amante de Rosa Grilo é acusado de vários crimes mas afirma inocência

António Joaquim é acusado, juntamente com Rosa Grilo, pela prática dos crimes de homicídio qualificado, profanação de cadáver e detenção de arma proibida. Recentemente, fez declarações sobre o seu relacionamento com Rosa e afirmou não saber nada sobre o crime.

LEIA MAIS: Mulher de triatleta poderá ter de pagar uma indemnização ao próprio filho

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Amante de Rosa Grilo pede prisão especial: «Sou linchado num instante»

António Joaquim, amante de Rosa Grilo, pediu para ir para uma cadeia especial. Consciente dos perigos que corre, António teme pela vida.