Ataque violento de urso deixa homem com nariz implantado no braço [vídeo]

Lee Brooke de 60 anos viu «nariz e bigode no chão» depois de ter sido atacado por um urso. Veja como ele está atualmente

Ataque violento de urso deixa homem com nariz implantado no braço [vídeo]

Lee Brooke de 60 anos viu «nariz e bigode no chão» depois de ter sido atacado por um urso. Veja como ele está atualmente

Lee Brooke, norte-americano de 60 anos, viu a sua vida mudar quando foi atacado por um urso que o deixou sem nariz. O ataque violento que aconteceu durante uma caçada acabou por deixá-lo desfigurado. No programa de televisão britânico This Morning, Lee contou em detalhe como se deu o ataque. O homem estava a fazer uma caçada com alguns amigos no Wyoming, um dos estados dos EUA.

LEIA DEPOIS
Motorista usa autocarro para retirar pessoas de prédio em chamas [vídeo]

«Senti-me falsamente seguro», descreve o homem que ficou sem nariz

«Senti-me falsamente seguro e esqueci-me do perigo que podia correr. Voltei para o bosque à procura de um veado. Não levei nenhuma arma de fogo comigo, tinha apenas uma faca. Quando o encontrei, vi que estava mexido e tapado com galhos e folhas e desconfiei que alguma coisa se passava», começou por dizer o homem que viria a perder o nariz. No local onde o caçador estava a mexer encontravam-se crias de urso. Mal se virou, por ter pressentido que algo estava errado, tinha uma ursa que tentava proteger as crias.

«Quando acordei estava encostado a uma árvore e tinha o animal a cheirar-me o rosto»

«Antes de conseguir dar dois passos, ela agarrou-me pela mochila e deu-me várias pancadas na cabeça. Acabei por perder os sentidos. Quando acordei, estava encostado a uma árvore e tinha o animal a cheirar-me o rosto.» Num ato impulsivo, Lee deu um murro no urso quando viu que este lhe cheirava o rosto e tentou lutar com o animal. «Tentei pressionar-lhe a garganta e acabei por ter de usar a minha faca para lhe dar um golpe. Só assim é que ela me largou e fugiu.» Foi nesse momento que o homem se apercebeu de que tinha ficado gravemente ferido, ao olhar para o seu «nariz e bigode no chão».

Pediu socorro durante sete horas

Apesar da descoberta assustadora, o homem continuava em perigo e para sobreviver teve mesmo de subir a uma árvore. Já na árvore, foram precisas sete horas, em que gritava por socorro para que alguém o ouvisse e resgatasse. Quem o salvou foi o cunhado que também levou o pedaço de rosto de Lee para o hospital. Esse pedaço foi possível de salvar e por essa razão os médicos decidiram implantar o nariz de Lee no braço para que se regenerasse. «O urso desfez-me a cara e perdi parte do meu nariz. Mas os médicos tinham o suficiente para trabalhar. Daqui a dois anos dizem que estará tudo em condições.» O nariz, atualmente no braço, não sobreviveu na íntegra, no entanto é suficiente para transplantar para o rosto novamente. Lee ficará sem o lábio superior e admite com humor: «fiquei sem bigode».

LEIA MAIS
Previsão do tempo para sábado, 22 de junho
Muçulmana espancada por não usar hiyab [vídeo]
Menina a quem deram três dias de vida terminou a licenciatura com louvor [vídeo]

Impala Instagram


RELACIONADOS