Muçulmana espancada por não usar véu [vídeo]

Uma mulher iraniana foi agredida por dezenas de populares por, sendo muçulmana, recusar-se a usar um lenço a tapar o cabelo (hiyab).

Muçulmana espancada por não usar véu [vídeo]

Uma mulher iraniana foi agredida por dezenas de populares por, sendo muçulmana, recusar-se a usar um lenço a tapar o cabelo (hiyab).

A polícia religiosa iraniana espancou uma mulher muçulmana quando esta se preparava para dançar na via pública sem usar o hiyab, costume muçulmano imposto às mulheres para terem o cabelo tapado. Para além dos elementos das forças de segurança, populares também se juntaram para agredir a vítima.

LEIA DEPOIS
Previsão do tempo para sábado

Muçulmana conseguiu fugir do local após minutos de agressões

O caso teve lugar em Rasht, no Irão, no decorrer de uma festa popular na localidade. A mulher estava a dançar quando ficou rodeada por vários homens, que lhe bateram e a insultaram. Recorde-se que, no país, o uso do hiyab é obrigatório a partir dos 13 anos. A vítima acabou por ser arrastada, enquanto várias testemunhas festejavam os maus-tratos infligidos. Após alguns minutos de agressões violentas, a vítima conseguiu fugir do local.

Espancamento gravado por testemunha

O espancamento na via pública foi gravado por uma testemunha e partilhado nas redes sociais. Muitas mulheres muçulmanas em várias partes do mundo comentaram o vídeo e mostraram indignação, sublinhado que a utilização do hiyab deve ser «uma decisão individual e não uma imposição».

LEIA MAIS
Menina a quem deram três dias de vida terminou a licenciatura com louvor [vídeo]
Mãe atira bebé para contentor do lixo na presença da irmã mais velha [vídeo]
Homem espanca idoso e deixa-o em coma [vídeo]

Impala Instagram


RELACIONADOS