Alta hospitalar de bebé encontrado no lixo depende de resposta de acolhimento

Bebé está bem e sem qualquer problema de saúde.

Alta hospitalar de bebé encontrado no lixo depende de resposta de acolhimento

Alta hospitalar de bebé encontrado no lixo depende de resposta de acolhimento

Bebé está bem e sem qualquer problema de saúde.

O recém-nascido que foi encontrado no caixote do lixo por um sem-abrigo, esta quarta-feira, 6 de novembro, está bem e sem qualquer problema de saúde. A alta hospitalar do menino está dependente de uma resposta de acolhimento.

LEIA DEPOIS
Convenceu amante a matar namorado e mandou matá-lo oito anos depois

O Ministério Público do Juízo de Família e Menores de Lisboa já instaurou um processo de promoção e proteção a favor da criança.

Marcelo Rebelo de Sousa agradece a sem-abrigo que encontrou bebé

Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de conhecer Manuel, o sem-abrigo que salvou a vida do recém-nascido que foi deixado num caixote do lixo, em Lisboa. «É espantoso haver aqui duas realidades que se somam. A realidade da criança deixada e, ao mesmo tempo, a realidade de quem vive na rua. É uma realidade que, muitas vezes, muita gente se esquece. Cruzaram-se para salvar uma vida», disse o Presidente da República.

Manuel partilhou um pouco da sua realidade e revelou que só quer voltar a ter abrigo. «Não fumo droga, nem nada disso. Só quero voltar à minha vida, é o que peço», diz o sem-abrigo. «É ajudar o seu caso e os de muitos mais», acrescenta Marcelo Rebelo de Sousa, referindo que Manuel é «uma jóia de homem».

Manuel recordou como ouviu um barulho que, primeiro, pensou ser de um gato. Depois, quando viu o bebé, ficou em choque . «Estava muito gelado». Sentiu «raiva» por alguém ter abandonado o recém-nascido e ao mesmo tempo «alegria» por o ter encontrado. A possibilidade de visitarem o recém-nascido ficou em aberto para o Presidente e para Manuel.

LEIA MAIS
Previsão do tempo para sexta-feira, 8 de novembro

Impala Instagram


RELACIONADOS