O que é pior, fumar ou não fazer exercício?

Um estudo que teve como amostra mais de 122 mil pessoas demonstra que não fazer exercício físico é a pior coisa que podemos fazer ao nosso bem-estar

O que é pior, fumar ou não fazer exercício?

O que é pior, fumar ou não fazer exercício?

Um estudo que teve como amostra mais de 122 mil pessoas demonstra que não fazer exercício físico é a pior coisa que podemos fazer ao nosso bem-estar

Um novo estudo realizado pela Clínica de Cleveland divulgado no jornal JAMA Network Open vem demonstrar que não fazer exercício físico pode ser mais prejudicial para a saúde do que fumar ou do que sofrer de diabetes.

LEIA MAIS: Estes são os 4 alimentos que anda a comer de forma errada

De acordo com a investigação que contou com a participação de 122 mil pessoas entre 1991 e 2014, os resultados demonstraram que não fazer nenhuma atividade física pode ser muito mais grave do que pensávamos.

«Ser-se incapaz de correr numa passadeira ou de fazer um exercício de esforço é o pior prognóstico que se pode ter, pior do que ser hipertenso, diabético ou ser um fumador»,  explicou um dos autores do estudo, Wael Jaber, à CNN.

«As atividades cardiorespiratórias estão associadas a uma esperança média de vida mais longa. A aeróbica de alta intensidade está associada aos melhores níveis de sobrevivência e traz benefícios aos pacientes mais velhos e com problemas de hipertensão», pode ler-se no documento científico.

O estudo ainda mostra que fazer exercício em demasia também não é prejudicial para a saúde. Em todos os casos analisados, pessoas mais ativas apresentam taxas de mortalidade mais baixas.

VEJA AINDA: Não tem tempo para ir ao ginásio? Faça exercício físico no trabalho

 

 

Impala Instagram


RELACIONADOS