Abriu em Portugal uma das melhores lojas de vinho do mundo

A Lavinia, loja de vinhos espanhola fundada em 1999, já está online em Portugal, com mais de 2.500 vinhos. As entregas, à distância de um clique, são garantidas num prazo de 48 a 72 horas.

Abriu em Portugal uma das melhores lojas de vinho do mundo

A Lavinia, loja de vinhos espanhola fundada em 1999, já está online em Portugal, com mais de 2.500 vinhos. As entregas, à distância de um clique, são garantidas num prazo de 48 a 72 horas.

A primeira loja física Lavinia abriu há 23 anos, em Madrid. Fundada por Thierry Servant e Pascal Chevrot e agora gerida por Charlotte Servant e Mathieu Le Priol. Com mais de 1.000m2, a Lavinia Ortega Y Gasset foi considerada pela Wine Enthusiast uma das dez melhores lojas de vinhos em todo o mundo. Além das mais de 4.000 referências tem um Wine Bar (várias vezes premiado pela revista americana Wine Spectator), cursos e provas de vinhos e inúmeros eventos.

Para ler depois
Smart #1 evolui para SUV e torna espaço interior ainda mais inteligente
A smart, marca líder em carros elétricos, apresenta o novo smart #1, um SUV compacto 100% elétrico com um design inovador e espaço inteligente (… continue a ler aqui)

Entretanto, o grupo cresceu e à loja mãe de Madrid juntaram-se outras em Paris e Genebra. Em Paris, destaque para a Lavinia Victor Hugo e para a Augé (de 1850), considerada uma das lojas de vinhos mais antigas de Paris, adquirida pelo grupo.

2.500 referências à distância de um clique

Depois de Espanha, França e Suíça é agora a vez de Portugal, a marca inaugura a primeira loja online com cerca 2500 referências, à distância de um click. O número de referências não é estanque, nem fechado e pode ir mudando ao longo do ano, como aliás já acontece noutros projetos. “A nossa equipa de produto dedica grande parte do seu tempo à prospeção de novas regiões e projetos vitivinícolas, por isso podemos dizer que o nosso catálogo é um catálogo vivo, que está em permanente atualização”, explica Juan Manuel Bellver, Diretor da Lavinia Espanha.

Tal como acontece em outras lojas, a de Portugal tem referências de inúmeros países que vão da Alemanha à Argentina, da Austrália, à Áustria e ao Chile, de Espanha aos Estados Unidos e França, passando por Itália, Japão, México, Nova Zelândia, Reino Unido, África do Sul e claro, Portugal.

Vinhos portugueses de todas as regiões do país

Mas não são apenas os vinhos internacionais que fazem parte do seu portefólio, os vinhos portugueses também. A seleção de vinhos nacionais vai seguir a mesma linha da seleção que é feita em Espanha, em que estão representadas a maioria das regiões e onde se privilegiam os pequenos produtores. Para o lançamento, em Portugal, a marca arranca com uma gama de partida, que vai sendo ampliada, tendo sempre em conta o exigente e cuidado critério de seleção Lavinia.

Conhecida por promover o intercâmbio entre produtores e clientes, também em Portugal, vai organizar uma série de eventos em Lisboa e no Porto com produtores de renome e degustações únicas. Estes eventos vão servir de barómetro para aquilo que a marca pretende fazer em termos de programação de provas de vinhos, durante o ano de 2023. Atenção ao detalhe, exigência de seleção e diferenciação na oferta são três fatores que definem bem o conceito Lavinia.

Verdadeiras joias que marcam a diferença

Mathieu Le Priol diretor geral do Grupo Lavinia e Juan Manuel Bellver diretor da Lavinia Espanha
Mathieu Le Priol (diretor geral do Grupo Lavinia) e Juan Manuel Bellver (diretor da Lavinia Espanha)

Nenhuma referência é selecionada ao acaso e todas as escolhas fazem parte de um serviço que marca a diferença. Em França, por exemplo, a região de Borgonha, de Bordéus e do Loire estão muito bem representadas. Na loja online, pode encontrar por exemplo Chateau Mouton Rothschild, 2015, Premier Grand Cru Classé (0,75/€1.142,92), um Chateau Ausone, 2010, Saint Emilion, Premier Grand Cru Classé A (0,75l/€3.113,09), um Château Lafite-Rothschild, Carruades de Lafite 2016, Second Vin (0,75/€478,94) ou mesmo um Château Pichon-Longueville Baron, Pauillac Chateau Pichon-Longueville Baron 2010 Tinto, 2ème Cru Classé (0,75/€424,51).

Também de Espanha, é possível descobrir algumas joias como: o Marqués de Murrieta, Castillo de Ygay Blanco Gran Reserva Especial 1986 da zona de Rioja (0,75/ €1061), um Marqués de Riscal, Reserva 1950 (0,75l/€1.561,99) ou um Contador, 2019 (0,75/€339,99) ambos da zona de Rioja. Em Castilla y León, a destacar Abadía Retuerta, Petit Verdot, 2001 (0,75/€505), entre muitos outros.

Rótulos exclusivos

De realçar ainda os rótulos exclusivos, vinhos criados da parceria resultante de alguns produtores com os grupos de trabalho Lavinia. São vinhos desenhados e desenvolvidos em consonância com aquilo que o mercado pede. Marqués de Riscal, Pérez Pascuas, Casa Castillo, William Humbert e Emilio Hidalgo são alguns dos produtores com quem esta loja tem desenvolvido estes rótulos exclusivos.
Na escolha dos vinhos nacionais Filipa Pato, Quinta do Infantado, Aphros, Anselmo Mendes, António Madeira e Quinta do Mouro são alguns dos produtores que fazem parte da seleção que está em constante evolução. Nada como ir acompanhando as novidades em www.lavinia.com/pt-pt

Como ganhar uma entrada para duas pessoas numa prova única e exclusiva
No lançamento da loja online em Portugal, a Lavinia vai organizar um final de tarde exclusivo, no dia 23 de janeiro, no restaurante Kabuki, em Lisboa. O mote: uma viagem por alguns dos grandes vinhos do Mundo. Dirk Niepoort e Telmo Rodriguez dispensam apresentações. Nomes icónicos da cena vínica mundial, estes dois gigantes estarão para falar dos seus últimos projetos e guiar numa prova dos seus vinhos.

Juan Manuel Bellver, ex-jornalista e diretor da Lavinia, é um grande apaixonado pelos vinhos doces/fortificados Portugueses.
Vai conduzir uma prova de grandes vinhos doces do mundo mas, desta vez – imaginem –, sem um único Madeira ou Porto no line up.
Uma viagem que inclui verdadeiras raridades, vinhos centenários e, outros, de produtores já desaparecidos. Uma oportunidade irrepetível.

Impala Instagram


RELACIONADOS