Meghan Markle defende direitos dos animais, mas usa pele verdadeira

Nova controvérsia: Mulher de príncipe Harry divide opiniões por escolha do guarda-roupa. Meghan Markle defende os animais, mas usa pele verdadeira.

A visita era especial, mas acabou por terminar com sentimento agridoce. Meghan Markle e o príncipe Harry fizeram a primeira visita oficial ao Condado de Sussex, depois de receberem o título nobiliárquico. A mulher do neto da rainha Isabel II esteve em destaque pela elegância e pelo visual, composto por camisa e saia midi verdes.

LEIA MAIS: Letizia apanhada a coçar as partes íntimas em público [vídeo]

Contudo, um pormenor não escapou aos mais atentos. A saia era de pele verdadeira de cordeiro. O problema é que a duquesa de Sussex é defensora ativa dos direitos dos animais. Por isso, não tardaram em chover duras críticas. Esta foi a primeira vez que Meghan Markle usou uma peça de roupa de pele verdadeira, depois do casamento com o príncipe Harry. Gesto que não caiu bem aos súbditos da rainha de Inglaterra.

Príncipe Harry e Meghan Markle cúmplices durante visita oficial

Apesar do protocolo, Harry e Meghan mostraram que estão mais unidos do que nunca. Trocaram sorrisos e gestos de carinho em público, mostrando-se cada vez mais apaixonados. Em várias ocasiões, foi possível vê-los de mãos dadas.

LEIA MAIS: Herdeiro de famosa cadeia de lojas é suspeito de matar a mãe e a irmã

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Meghan Markle defende direitos dos animais, mas usa pele verdadeira

Nova controvérsia: Mulher de príncipe Harry divide opiniões por escolha do guarda-roupa. Meghan Markle defende os animais, mas usa pele verdadeira.