Angelina Jolie acusa Brad Pitt de não pagar pensão de alimentos

“Até o momento, nenhuma contribuição significativa foi feita desde a separação”, diz a advogada da atriz

O divórcio de Angelina Jolie e Brad Pitt continua envolto em polémica. O processo de separação que se iniciou em 2016 ainda está em curso e parece que chegou a um novo impasse.

A advogada de Angelina afirma que Pitt não paga a pensão de alimentos dos seis filhos do casal há um ano e meio.

“Ele [Pitt] tem o dever de pagar pensão de alimentos. Até o momento, nenhuma contribuição significativa foi feita desde a separação”, diz a petição da advogada Samantha Bley DeJean, divulgada pela emissora norte-americana NBC. “Como os acordos informais para o pagamento das despesas das crianças não foram respeitados, [Angelina] pretende avançar com uma intimação para forçar o pagamento”, pode ler-se.

LEIA MAIS: Filho mais velho de Angelina Jolie não aguenta a mãe e quer ir viver com o pai, Brad Pitt

“O objetivo de Angelina com este pedido é encerrar o capítulo de uma forma que crie um caminho para a vida deles e permita aos dois criarem os filhos de forma conjunta”, disse Mindy Nyby, assessora da atriz, à NBC.

Já o site TMZ avança, através de fonte próximas de Brad, que o ator já pagou milhões de dólares em pensões e pretende prova-lo em tribunal.

Angelina e Brad estiveram juntos durante 12 anos e tiveram três filhos: Shiloh, Knox e Vivienne. Durante o casamento, o ator também adotou oficialmente os três filhos adotivos de Angelina: Maddox, Pax e Zahara.

 

 


RELACIONADOS