Amber Heard vs Johnny Depp: da “inspeção vaginal” à procura de drogas às ameaças de morte

É a primeira vez que Amber Heard fala em tribunal desde que começou o julgamento por difamação movido por Johnny Depp. Eis os relatos da atriz [vídeos]

Amber Heard vs Johnny Depp: da “inspeção vaginal” à procura de drogas às ameaças de morte

É a primeira vez que Amber Heard fala em tribunal desde que começou o julgamento por difamação movido por Johnny Depp. Eis os relatos da atriz [vídeos]

Amber Heard sentou-se, esta quarta-feira, pela primeira vez no banco dos réus do tribunal do condado de Fairfax, no estado da Virgínia, quatro semanas após o início do processo de difamação movido pelo ator Johnny Depp. Neste que foi o seu primeiro depoimento, a atriz emocionou-se várias vezes e confessou ser “horrível” sentar-se em tribunal durante semanas e “ter de reviver tudo”. “Não tenho palavras para descrever o quão doloroso isto é”, admitiu.

Amber Heard falou sobre os alegados abusos de que terá sido vítima por parte do ex-marido. E contou quando foi a primeira vez que Johnny Depp lhe terá batido. O episódio terá acontecido quando ela se riu de uma das tatuagens do ator (que dizia “Wino Forever”). Levou um estalo. Depois de ter levado a chapada, contou, riu-se porque “não sabia mais o que fazer”. Depois de se rir, levou um segundo e um terceiro estalo, que a terá deitado ao chão. “Eu sabia que era errado e que tinha de o deixar“, afirmou. “Isso foi o que partiu o meu coração, eu não queria deixá-lo.” Depois disso, explicou, Johnny Depp ter-se-á ajoelhado a chorar e pediu desculpa.

“Percebi que não ia conseguir sair daquela situação com palavras”, Amber Heard

Terá sido a partir daí que, segundo Amber Heard, que os alegados episódios de raiva e violência por parte do ator começaram a tornar-se mais frequentes e intensos, muito por causa da dependência que tinha do álcool, drogas, mas também por “ciúmes doentios”.

Para além das alegadas situações de violência física, que Heard sustentou em tribunal com provas fotográficas e documentos médicos, a ex-mulher de Depp recordou vários episódios de abuso emocional e psicológico, como a tentativa de destruição de um quadro feito pela ex-companheira. “Ele entendeu que o quadro era uma ofensa pela qual não me conseguia perdoar. [Para ele] aquilo significava que eu estava a ter um caso com a minha ex-companheira, da qual eu já me tinha separado”. Outro episódio aconteceu quando o ator, alegadamente sob o efeito de cocaína e álcool, durante uma viagem de carro terá segurado num dos cães do casal e tê-lo-á colocado fora da janela do veículo que se encontrava em movimento. “Toda as pessoas que estavam no carro… nunca me vou esquecer… ficaram simplesmente paralisadas. Ninguém fez nada”. Mais tarde, Amber Heard veio a ganhar a custódia dos animais.

Segundo Amber, Johnny Depp acusava-a frequentemente de lhe ser infiel. E quando, ao defender-se das afirmações, dizendo que eram infundadas, o ator partia para atos violentos. Heard relatou um episódio em que, ao descer as escadas de casa para tomar o pequeno-almoço, encontrou álcool e cocaína na mesa da cozinha e Johnny Depp bastante agitado: “Eu percebi que não ia conseguir sair daquela situação com palavras. Ele estava determinado em que eu admitisse um caso [românico] que não tinha.”

A “inspeção vaginal”

Amber relatou, também, alegadas ameaças de morte por parte do ator. A atriz contou que Depp a tinha ameaçado uma vez quando estavam num iate nas Bahamas. “Ele agarrou-me pelo pescoço e segurou-me durante um segundo. Depois disse que me podia matar e que eu era um embaraço.”

Já em 2013, durante uma estadia num parque de caravanas na Califórnia, Depp terá abusado de Amber por achar que esta tinha escondido a cocaína do ator. “Ele estava a agarrar-me nos seios e a tocar-me nas virilhas. Depois rasgou a minha roupa interior e fez-me uma ‘inspeção vaginal’.”

Amber voltou a insistir no facto de Depp perder o controlo do corpo e dos seus comportamentos quando estava sob o efeitos de alguma substância, fosse droga ou álcool. “Ele desmaiava no próprio vómito, perdia o controlo do corpo. Toda a gente limpava o que ele sujava, eu limpava o que ele sujava. Este homem perdeu o controlo dos movimentos intestinais e eu limpava o que ele sujava”, afirmou.

Veja os vídeos

Fotos: D.R.

Impala Instagram


RELACIONADOS