Tailândia: Mark, de 14 anos, foi o primeiro jovem a ser resgatado da gruta

Mark Mongkol Boonpiam, avançado da equipa de futebol, foi o primeiro jovem a ser retirado da gruta na Tailândia, após 15 dias soterrado

Mark Mongkol Boonpiam, de 14 anos, foi o primeiro jovem a ser resgatado da gruta Tham Luang, na Tailândia. De acordo com as autoridades, o adolescente encontra-se ainda num hospital, mas está «bem de saúde». Os pais ainda não puderam estar com filho.

Mark é um dos membros do clube de futebol Wild Boars. O jovem ocupa a posição de avançado na equipa e é conhecido por usar camisolas de clubes diferentes sempre que pode.

O adolescente é um dos três avançados da equipa de futebol, mas também pratica natação e ciclismo.

Apesar de não ter sido revelado o porquê de Mark ter sido o primeiro dos 12 jovens a ser resgatado, pensa-se que a decisão tenha sido tomada pelo próprio grupo preso de baixo da terra por razões ainda desconhecidas.

As quatro primeiras crianças resgatadas da gruta estão bem

As quatro crianças que já saíram da gruta na Tailândia estão bem de saúde, disseram hoje as autoridades numa conferência de imprensa.

Os pais das crianças continuam, no entanto, sem ter contacto com os filhos, segundo o chefe da célula de crise, Narongsak Osottanakorn.

Poucas horas depois de ter começado a segunda fase da operação de resgate, as autoridades tailandesas dizem que a chuva que caiu durante a noite não mudou o nível da água na gruta, onde oito crianças e o treinador ainda se mantêm.

Operação de resgate para salvar jovens em gruta é retomada

A segunda fase da operação de resgate dos jovens e do treinador presos numa gruta em Mae Sai, na Tailândia, começou esta segunda-feira, dia 9 de julho, com a chegada ao local das equipas de salvamento, que expressaram confiança no sucesso da missão.

“A operação começou e está a decorrer neste momento”, garantiu à CNN (por volta das 8h00 em Lisboa) um responsável da Marinha tailandesa.

Sem autorização para falarem, junto ao ‘acampamento’ que dá apoio logístico às equipas, limitaram-se a mostrar os polegares para cima, antes de partirem para a gruta localizada a cerca de dois quilómetros e cujo acesso está agora bloqueado aos meios de comunicação social.

Autoridades lutam contra o tempo e as más condições climatéricas

No horizonte, a neblina, mas sobretudo a chuva que as autoridades tailandesas tanto temem, ‘escondem’ a gruta da qual, no domingo, as equipas de resgate conseguiram retirar quatro dos 13 elementos da equipa de futebol Wild Boars que ficaram presos na gruta Tham Luang, situada na província de Chiang Rai, no norte da Tailândia, junto à fronteira com Myanmar (antiga Birmânia) e o Laos.

Jornalistas de dezenas de países estão ‘sitiados’ num centro de imprensa improvisado pelas autoridades, aguardando por novidades dos oficiais tailandeses durante um ‘briefing’ que não tem para já hora marcada.

O grupo encurralado é composto por jogadores com idades entre os 11 e os 16 anos, e o treinador, de 25 anos.

Os 12 rapazes e o treinador foram explorar a gruta depois de um jogo de futebol no dia 23 de junho.

LEIA MAIS: Tailândia: Restantes jovens e treinador podem sair em grupos de quatro

 

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS

Tailândia: Mark, de 14 anos, foi o primeiro jovem a ser resgatado da gruta

Mark Mongkol Boonpiam, avançado da equipa de futebol, foi o primeiro jovem a ser retirado da gruta na Tailândia, após 15 dias soterrado