Sopas prontas a comer dos hipermercados têm 60% de sal a mais

Um estudo realizado pelo INSA concluiu que todas as sopas prontas para consumo vendidas nos hipermercados contêm quantidades de sal bem acima do recomendado pelas autoridades.

Sopas prontas a comer dos hipermercados têm 60% de sal a mais

Sopas prontas a comer dos hipermercados têm 60% de sal a mais

Um estudo realizado pelo INSA concluiu que todas as sopas prontas para consumo vendidas nos hipermercados contêm quantidades de sal bem acima do recomendado pelas autoridades.

Um estudo realizado pelo Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge (INSA) concluiu que todas as sopas prontas para consumo vendidas nos hipermercados contêm quantidades de sal bem acima do recomendado pelas autoridades.

De acordo com o relatório, a mediana e valores do teor de sal encontrados para as 86 sopas consideradas para análise foram de 0,65 gramas de sal por cada 100 gramas do produto, em 2018 e de 0,60 gramas em 2019.

Apesar da ligeira descida no teor de sal, os produtos avaliados ainda estão muito longe das 0,2 gramas por cada 100 preconizadas na Estratégia Integrada para a Promoção da Alimentação Saudável (EIPAS), acordada por sete ministérios (incluindo os da Saúde, Educação e Agricultura).

Para atingirem o valor desejado, as sopas que compramos terão de sofrer uma redução superior a 60% no teor de sal usado na sua confeção.

OMS alerta para os benefícios de uma dieta equilibrada

Ainda relativamente à informação nutricional recolhida em 2019, obtiveram-se as medianas de 1,1 gramas de lípidos (gorduras) e de 0,2 gramas de ácidos gordos saturados (que são prejudiciais para a saúde) por cada 100 gramas de sopa.

De acordo com um estudo anterior, o consumo médio nacional, por pessoas, rondava nos anos de 2015 e 2016 as 7,4 gramas de sal por dia. Aproximadamente 3,7 milhões de mulheres (63,2%) e 4,4 milhões de homens (88,9%) apresentavam então uma ingestão de sódio acima do nível máximo tolerado (2300 miligramas por dia).

A Organização Mundial da Saúde (OMS) alerta para o facto de que as pessoas com dietas ricas em frutos e cereais e pobres em gorduras, açúcar e sal, apresentavam menor risco de desenvolver uma ou mais doenças cardiovasculares e certos tipos de cancro.

LEIA AINDA
Vacina contra cancro da mama apresenta 100% de eficácia
Vacina contra cancro da mama apresenta 100% de eficácia
No estudo publicado na Nature Communications, vacina contra o cancro da mama apresentou eficácia de 100%. Imunizante é baseado em biomaterial e combina quimioterapia e imunoterapia para tratar tumores agressivos. (… continue a ler aqui)

 

Impala Instagram


RELACIONADOS