Receção do Hospital de St.º António vandalizada por pacientes em fúria

Dois homens arremessaram cadeira de rodas e banco contra guiché de atendimento. O hospital diz que os pacientes não chegaram a esperar 10 minutos.

Um paciente e o filho destruíram o guiché da receção do Hospital Santo António. A unidade hositalar serve Itapema, no Brasil. O caso ocorreu noite de sexta-feira, 21 de setembro. Estavam «há menos de dez minutos à espera» naquela unidade de saúde, de acordo com os funcionários.

LEIA MAIS: Com auxiliares em greve, pacientes invadem urgências de hospital [vídeo]

A Polícia continua a procurar os autores do ataque, de acordo com um dos canais de televisão associados da TV Globo. O ato vândalo ocorreu cerca das 21h30. Imagens de câmaras de segurança mostram que o paciente, de 44 anos, dirige-se ao guiché e alega que não aguentava mais as dores. O homem não terá, sequer, «passado pela triagem».

Paciente não chegou a esperar «dez minutos» na receção do hospital

Dez minutos depois, atira uma cadeira de rodas, três vezes, contra o vidro da recepção. Logo a seguir, o filho atira um conjunto de cadeiras de espera do hospital contra o guiché. O vidro de separação entre pacientes e o pessoal auxiliar fica partido e a receção sem condições de continuar a funcionar.

LEIA MAIS: Modelo foi violada pelo namorado enquanto dormia

O administrador do hospital afirmou que, na sequência do ato de vandalismo de pai e filho, «uma paciente ficou com pressão alta». A rececionista «também precisou de atendimento médico». A Polícia Civil afirmou que «pai e filho devem responder por danos ao património público» e podem apanhar «de seis a três anos» de prisão.

LEIA MAIS: Morreu Helena Almeida – Última Hora

Receção do Hospital de St.º António vandalizada por pacientes em fúria

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS