Receção do Hospital de St.º António vandalizada por pacientes em fúria

Dois homens arremessaram cadeira de rodas e banco contra guiché de atendimento. O hospital diz que os pacientes não chegaram a esperar 10 minutos.

Um paciente e o filho destruíram o guiché da receção do Hospital Santo António. A unidade hositalar serve Itapema, no Brasil. O caso ocorreu noite de sexta-feira, 21 de setembro. Estavam «há menos de dez minutos à espera» naquela unidade de saúde, de acordo com os funcionários.

LEIA MAIS: Com auxiliares em greve, pacientes invadem urgências de hospital [vídeo]

A Polícia continua a procurar os autores do ataque, de acordo com um dos canais de televisão associados da TV Globo. O ato vândalo ocorreu cerca das 21h30. Imagens de câmaras de segurança mostram que o paciente, de 44 anos, dirige-se ao guiché e alega que não aguentava mais as dores. O homem não terá, sequer, «passado pela triagem».

Paciente não chegou a esperar «dez minutos» na receção do hospital

Dez minutos depois, atira uma cadeira de rodas, três vezes, contra o vidro da recepção. Logo a seguir, o filho atira um conjunto de cadeiras de espera do hospital contra o guiché. O vidro de separação entre pacientes e o pessoal auxiliar fica partido e a receção sem condições de continuar a funcionar.

LEIA MAIS: Modelo foi violada pelo namorado enquanto dormia

O administrador do hospital afirmou que, na sequência do ato de vandalismo de pai e filho, «uma paciente ficou com pressão alta». A rececionista «também precisou de atendimento médico». A Polícia Civil afirmou que «pai e filho devem responder por danos ao património público» e podem apanhar «de seis a três anos» de prisão.

LEIA MAIS: Morreu Helena Almeida – Última Hora

Receção do Hospital de St.º António vandalizada por pacientes em fúria


RELACIONADOS

Receção do Hospital de St.º António vandalizada por pacientes em fúria

Dois homens arremessaram cadeira de rodas e banco contra guiché de atendimento. O hospital diz que os pacientes não chegaram a esperar 10 minutos.