Rainha da Droga tortura empregada de limpeza durante dez horas

Ministério Público acusa casal e um filho de golpearem a vítima com chave e um pau.

Rainha da Droga tortura empregada de limpeza durante dez horas

Rainha da Droga tortura empregada de limpeza durante dez horas

Ministério Público acusa casal e um filho de golpearem a vítima com chave e um pau.

Empregada de limpeza foi obrigada a entrar num carro em que seguiam os patrões – a Rainha da Droga do bairro Pinheiro de Torres, no Porto, e o companheiro. A vítima foi violentamente torturada em vários locais de Gaia e Matosinhos. Ministério Público acusa casal e um filho de golpearem a vítima com chave e um pau.

LEIA DEPOIS
SPORT TV assina compromisso de parceria com Federação Portuguesa de Futebol

A vítima foi espancada com murros e pontapés, golpeada com uma chave de parafusos e atingida com um pau até este se partir, tendo desmaiado várias vezes. O casal e o filho da Rainha foram acusados.

A vítima, empregada de limpeza dos arguidos, terá perdido uma bolsa com droga, que teria aceitado guardar por três dias. Convencidos de que a funcionária se tinha apoderado da droga, indica o Ministério Público, torturaram-na até esta dizer o que tinha feito à droga. A mulher foi recolhida da casa onde trabalhava às 20h00 de 2 de julho de 2016 e abandonada, inanimada na rua, às 06h00 do dia 3.

Os arguidos e também filhos da Rainha, dedicavam-se à aquisição de produto estupefaciente, que posteriormente cortavam e vendiam em doses a partir de casa, avança o Correio da Manhã.

LEIA MAIS
Previsão do tempo para quinta-feira, 10 de outubro

Impala Instagram


RELACIONADOS