Portuguesa vive na rua em Paris com os dois filhos menores

Os meninos são os primeiros a chegar à escola e os últimos a sair. Quando a campainha toca são atirados para as ruas da capital francesa, onde vivem com a mãe.

Portuguesa vive na rua em Paris com os dois filhos menores

Portuguesa vive na rua em Paris com os dois filhos menores

Os meninos são os primeiros a chegar à escola e os últimos a sair. Quando a campainha toca são atirados para as ruas da capital francesa, onde vivem com a mãe.

Uma portuguesa, de 37 anos, vive na rua em Paris, França, com os dois filhos, de oito e 13 anos. A história é contada pelo jornal Le Parisien, numa reportagem sobre a vida dos sem-abrigo menores na Île-de-France.

LEIA DEPOIS

Câmara de Lisboa conta ter 400 casas para os sem-abrigo até 2023

Crianças estudam numa estação de comboios

Os meninos são os primeiros a chegar à escola e os últimos a sair. Quando a campainha toca são atirados para as ruas da capital francesa, onde vivem com a mãe. Os autores da peça acompanharam as crianças  e retratam como mesmo a viver na rua conseguem fazer os trabalhos de casa e estudar. Sentam-se no chão do cais de uma estação do RER com o banco a servir de secretária.

Família é sem-abrigo devido falta de lugares nas pensões sociais

A família vive na rua, devido à falta de lugares nas pensões sociais de apoio aos sem-abrigo, pela falta de vaga na habitação social e pela falta de um emprego estável que pague as rendas cada vez mais incomportáveis.

Mais de 30 mil crianças são sem-abrigo em França, avança o Instituto Nacional de Estudos Demográficos francês. No total, mais de 140 mil pessoas vivem nas ruas, sendo que muitas são famílias, nomeadamente estrangeiras.

Texto: Jéssica dos Santos; Fotos: Twitter Le Parisien

LEIA MAIS

Tragédia no Meco | Catarina, Carina, Joana, Andreia, Pedro e Tiago morreram há seis anos

Impala Instagram


RELACIONADOS