Palmadas, álcool e preservativo na sanita: o que Neymar contou à polícia

À saída da 6.ª Delegacia da Mulher, em São Paulo, onde prestou depoimento no caso da alegada violação de que é acusado, Neymar agradeceu o apoio que tem recebido e mostrou-se confiante.

Palmadas, álcool e preservativo na sanita: o que Neymar contou à polícia

Palmadas, álcool e preservativo na sanita: o que Neymar contou à polícia

À saída da 6.ª Delegacia da Mulher, em São Paulo, onde prestou depoimento no caso da alegada violação de que é acusado, Neymar agradeceu o apoio que tem recebido e mostrou-se confiante.

Depois de largas horas a prestar depoimento, na 6.ª Delegacia da Mulher, em São Paulo, no caso da alegada violação de que é acusado pela modelo Najila Trindade, Neymar falou, esta quinta-feira, aos jornalistas e agradeceu todo o apoio que tem recebido e mostrou-se confiante.

«A verdade aparece cedo ou tarde. O único desejo que eu tenho agora é que o caso acabe o mais rápido possível», disse o jogador do Paris Saint-Germain, à saída de uma esquadra da Polícia em São Paulo dedicada à investigação de crimes sexuais. Aos jornalistas, o futebolista brasileiro agradeceu o «apoio e carinho de toda a gente».

Relatório do Instituto Médico Legal valida as lesões presentes no corpo da modelo

Neymar foi confrontado com as conclusões retiradas pelo Instituto Médico Legal, a partir do relatório médico particular que Najila Trindade entregou à Polícia. O documento não garantiu se houve violação, mas validou as lesões presentes no corpo da modelo, compatibilizando-as com a data da viagem a Paris.

Segundo o «Jornal Nacional», da rede Globo, durante o depoimento, Neymar assegurou que a relação sexual que manteve com Najila Trindade foi consentida e confirmou que deu palmadas nas nádegas da modelo, porque esta lhe pediu para o fazer. Depois da relação sexual, Najila Trindade posou para uma fotografia que foi posteriormente publicada nas redes sociais por Neymar para tentar provar que não a agrediu.

O jogador brasileiro confirmou ainda ter ingerido álcool no primeiro encontro, mas em pouca quantidade. Neymar revelou que Najila lhe disse que queria casar com ele. «Como é que ela me pode amar se nem me conhecia direito?», questionou ao investigadores que o ouviam. O futebolista garantiu ter usado preservativo, que depois terá deitado na sanita. Por ser atleta, não aceitaria correr riscos, afirmou.

No segundo encontro, Neymar afirma que tinha intenções de levar a modelo a uma festa, mas as agressões, retratadas num vídeo entretanto divulgado, fizeram com que o jogador abandonasse o hotel.

No final do depoimento, Neymar afirmou, emocionado, que este caso foi o pior acontecimento da sua vida. «Nenhuma lesão se compara a isto», disse, acrescentando que o filho de sete anos, «não pode ir à escola porque os amigos dizem que é filho de um violador».

 

LEIA MAIS

Previsão do tempo para sábado, 15 de junho. Chuva volta este fim de semana

Deputado queniano agride colega: «As mulheres precisam de saber como tratar os homens»

Impala Instagram


RELACIONADOS