Padre irlandês acusado de pedofilia detido no Algarve

O suspeito «já tinha cumprido penas por crimes semelhantes nos EUA» e voltou a cometer o crime depois de regressar à terra natal.

Padre irlandês acusado de pedofilia detido no Algarve

Padre irlandês acusado de pedofilia detido no Algarve

O suspeito «já tinha cumprido penas por crimes semelhantes nos EUA» e voltou a cometer o crime depois de regressar à terra natal.

A Polícia Judiciária (PJ) deteve, esta segunda-feira, 21 de outubro, no Algarve, Oliver O’Grady, um padre irlandês, acusado de pedofilia. Também um cidadão lusofrancês foi detido indiciado pela prática dos crimes de burla, fraude e abuso de confiança.

LEIA DEPOIS

Menina de três anos morre em farmácia

Padre já tinha sido preso por abuso sexual de menores

A polícia de investigação criminal avança, em comunicado, que o padre «é suspeito da prática de um crime de pornografia de menores». O suspeito «já tinha cumprido penas por crimes semelhantes nos EUA» e voltou a cometer o crime depois de regressar à terra natal. «Deslocou-se depois para Portugal, zona do Algarve, onde veio a ser agora localizado e detido.»

Em 2010, Grady deixou um portátil num avião que continha fotos e vídeos de pornografia infantil

Em 1993, Grady foi condenado na Califórnia a 14 anos de prisão por abuso sexual de menores. Cumpriu metade da pena e foi deportado em 2001 para a Irlanda, avança o jornal The Irish Times, que acrescenta ainda que o suspeito já não era padre na altura. Em 2010, deixou um computador num avião que continha 280 mil imagens e vários vídeos de pornografia infantil. Foi condenado apenas a três anos de prisão.

Também um cidadão luso-francês foi detido

Na mesma operação, a PJ deteve ainda «um cidadão luso-francês condenado a dezoito meses de prisão pela prática dos crimes de burla, fraude e abuso de confiança, praticados entre maio de 2010 e outubro de 2012». Ambos os suspeitos, que têm idades compreendidas entre os 46 e os 74 anos, estão presos preventivamente até serem entregues às autoridades requerentes.

LEIA MAIS

Resgatadas três crianças que viviam em casa com 245 animais

Impala Instagram


RELACIONADOS