O que é a Transnístria e por que é tão importante para a Rússia

Moscovo falou na “opressão” dos povos russos na região separatista de Transnístria e desde segunda-feira houve três explosões.

O que é a Transnístria e por que é tão importante para a Rússia

O que é a Transnístria e por que é tão importante para a Rússia

Moscovo falou na “opressão” dos povos russos na região separatista de Transnístria e desde segunda-feira houve três explosões.

Transnístria foi atacada pela primeira vez nesta segunda-feira, 25 de abril e, menos de 24 horas depois, a região eparatista que se localiza entre a Moldávia e a Ucrânia foi alvo de “três atentados terroristas”. Mas que república separatista é esta que é apontada como o próximo alvo de, Vladimir Putin? A Transnístria é uma república separatista – com meio milhão de habitantes – autoproclamada pró-russa que se localiza entre a Moldávia e a Ucrânia, a leste do rio Dnestr. O nome deriva do rio, uma vez que Transnístria significa ‘além do rio Dnestr’.

A Moldávia – um país três vezes mais pequeno do que Portugal – fazia parte do Reino da Roménia, tendo sido integrado na União Soviética em 1940. A queda da URSS, cinco décadas depois, desencadeou em 1992 uma guerra civil entre a, agora independente, República da Moldávia e os separatistas na Transnístria, que queriam manter ligações à Rússia. O conflito terminou com um cessar-fogo entre ambos os lados garantido por uma comissão conjunta formada pela Rússia, Transnístria e Moldova. O conflito ficou “congelado” e até hoje a ONU não reconhece a independência da Transnístria. Desde 1992 que são as tropas russas que ali estão que “asseguram a paz”.

Por que é importante para Putin?

A região foi recentemente tema de notícia, depois de um oficial russo avançar que o controlo do sul da Ucrânia dará à Rússia outra porta de entrada para a Transnístria. Será esse o objetivo de Putin, o “controlo do sul da Ucrânia” que garantirá um corredor para a Transnístria, onde, de acordo com este oficial russo, há “casos de opressão da população de língua russa”. A Rússia quer o controlo total de Donbass e do sul da Ucrânia como parte da segunda fase da ‘operação militar especial’, expressão usada para se referirem à invasão na Ucrânia.

O verdadeiro objetivo de Putin com a invasão da Ucrânia
O momento de ameaça russa para a invasão da Ucrânia não foi escolhido por acaso. A Rússia tem os cofres cheios e a Europa está enfraquecida. Afinal, o que pretende realmente Putin, o ‘urso russo’? (… continue a ler aqui)

Impala Instagram


RELACIONADOS