Noivos ultrapassam covid-19 e cancro e finalmente casam-se

A pandemia de covid-19 e o cancro atrasaram o dia do casamento de um jovem casal em duas ocasiões, mas à terceira será de vez graças a uma cirurgia robótica inovadora.

Noivos ultrapassam covid-19 e cancro e finalmente casam-se

Noivos ultrapassam covid-19 e cancro e finalmente casam-se

A pandemia de covid-19 e o cancro atrasaram o dia do casamento de um jovem casal em duas ocasiões, mas à terceira será de vez graças a uma cirurgia robótica inovadora.

Paul Hutchinson está finalmente casado com a noiva, Lisa Bamforth, depois de um procedimento inovador realizado num centro de tratamento de cancro em Manchester, em Inglaterra. O caminho não foi fácil. A pandemia de covid-19 e um cancro atrasaram o sonho do casal de noivos. O tratamento inovador é o primeiro no Reino Unido e permitiu que o noivo – com cancro testicular – pudesse finalmente casar-se.

O tratamento tradicional para o cancro, que se espalhou aos gânglios linfáticos abdominais, teria envolvido uma complicada cirurgia e internamento prolongado nos cuidados intensivos de, pelo menos, sete dias e um tempo de recuperação de vários meses. Paul era considerado bom candidato para o tratamento robótico pioneiro, que necessita apenas de um furo pouco maior do que o de uma fechadura. Com esta intervenção, Paul esteve apenas hospitalizado 48 horas e recuperou em casa em apenas algumas semanas.

Cirurgia revolucionária permitiu, depois de um cancro e da pandemia de covid-19, levar os noivos finalmente ao altar

“Não achei que poderíamos ter o nosso casamento, pois estava convencido de que não estaria bem o suficiente”, confessou Paul ao jornal local The Christie. “A incrível operação robótica reduziu drasticamente o meu tempo de recuperação e fez-me sentir em forma incrivelmente depressa.” O veterano de guerra pode também pode voltar ao trabalho como engenheiro dentro de poucas semanas, mas, antes, a lua de mel. Lisa diz ter lutado para evitar as lágrimas quando o cirurgião lhe telefonou a revelar-lhe o sucesso do procedimento cirúrgico

“Estou aliviada pelo sucesso da cirurgia e pela oportunidade deste tratamento incrível. A notícia de que ele precisava desta operação, depois de passar por quimioterapia e uma cirurgia em 2014, surgiu inesperadamente e caso não tivesse acontecido, teríamos de cancelar o casamento pela terceira vez, não só por causa do cancro, mas também por causa da pandemia de covid-19, que no levou a cancelar tudo entretanto.

LEIA AGORA
Após 18 abortos espontâneos, torna-se mãe aos 48 anos
Após 18 abortos espontâneos, torna-se mãe aos 48 anos
Depois de passar pelo drama do aborto espontâneo em 18 ocasiões, britânica consegue finalmente o sonho de toda a vida, tornar-se mãe. (… continue a ler aqui)

Impala Instagram


RELACIONADOS