Monge nu morre de calor após polícia bêbado embater em poste de eletricidade

O monge de 58 anos foi encontrado nu depois de os colegas terem sido alertados quando ele “não apareceu na habitual ronda para pedido de esmolas”.

Monge nu morre de calor após polícia bêbado embater em poste de eletricidade

Monge nu morre de calor após polícia bêbado embater em poste de eletricidade

O monge de 58 anos foi encontrado nu depois de os colegas terem sido alertados quando ele “não apareceu na habitual ronda para pedido de esmolas”.

Um monge com problemas pulmonares morreu depois de um polícia bêbado ter embatido num poste de eletricidade, provocando a quebra de energia no local.

Para ler depois
Bombeiros de duas corporações investem horas para resgatarem um… pombo

A interrupção energética desligou os ventiladores levando Phra Boon Chad, do templo Wat Chai Prakom, a morrer de calor durante o sono, em Surin, no nordeste da Tailândia. O homem de 58 anos foi encontrado nu, ainda na cama, pela polícia, em 5 de maio, segundo relata a imprensa local. Os seus colegas estranharam quando ele “não se juntou a nós para a habitual ronda diária de esmolas, que ele nunca perdia”.

Inquérito aberto a agente que derrubou o poste e provocou a morte do monge

Acredita-se que o monge foi encontrado nu porque ter-se-ia despido durante a noite, para aliviar o calor. No quarto de Phra, a polícia encontrou inaladores e vários medicamentos. Os outros monges explicaram que ele tinha uma doença pulmonar, o que tornava as condições ainda mais problemáticas.

A polícia está alegadamente a preparar agora uma acusação contra o agente que conduzia alcoolizado e que embateu violentamente contra um poste de eletricidade a cerca de 800 metros do templo, derrubando-o. Respirar ar quente e húmido pode agravar condições respiratórias como asma e outros problemas respiratórios.

Imagem ilustrativa

Junte-se a nós no Facebook

Impala Instagram


RELACIONADOS