Incêndio nas Canárias obriga à retirada de 125 pessoas das habitações

Incêndio que lavra na Grã Canária, Espanha, obrigou a deslocar mil pessoas e a retirar 125 das suas habitações das localidades de Tejeda e Artenara.

Incêndio nas Canárias obriga à retirada de 125 pessoas das habitações

Incêndio nas Canárias obriga à retirada de 125 pessoas das habitações

Incêndio que lavra na Grã Canária, Espanha, obrigou a deslocar mil pessoas e a retirar 125 das suas habitações das localidades de Tejeda e Artenara.

Incêndio que lavra na Grã Canária, Espanha, obrigou, esta madrugada, a deslocar mil pessoas e a retirar 125 das suas habitações, em três municípios.  Os habitantes foram acolhidos em instalações no município de San Mateo, mas apenas 15 pessoas passaram ali noite, relataram as fontes dos serviços de emergência do Governo regional das Canárias.

LEIA DEPOIS
Greve dos motoristas. Sindicato avisa que motoristas vão deixar de cumprir os serviços mínimos

Incêndio combatido por 600 operacionais

As frentes que permanecem ativas e as que foram difíceis de alcançar durante a noite, devido a problemas de acesso, consomem mato nas em Tejeda e no Parque do Outono, em Artenara, indicaram as mesmas fontes. Nos trabalhos para a extinção deste incêndio, que teve início no sábado no cume da ilha Grã Canaria. Na zona afetada, que cobre 23 quilómetros, mais de 1.000 hectares, estiveram a trabalhar este domingo 600 operacionais, nove helicópteros, um avião e um hidroavião.

LEIA MAIS
João Rodrigues conquista a Volta a Portugal em bicicleta
Previsão do tempo para segunda, 12 de agosto

 

Impala Instagram


RELACIONADOS