Governo quer reduzir chumbos no Ensino Básico

O Programa de Governo revela que «nos últimos anos o insucesso escolar voltou a subir»

Governo quer reduzir chumbos no Ensino Básico

Governo quer reduzir chumbos no Ensino Básico

O Programa de Governo revela que «nos últimos anos o insucesso escolar voltou a subir»

O Programa de Governo quer reduzir o número de chumbos no Ensino Básico e avança com um plano que «promoverá o sucesso educativo de todos, designadamente ao longo dos 12 anos de escolaridade obrigatória». O Governo acusa a política educativa dos últimos anos de «desvalorizar o combate ao insucesso escolar, que, depois de vários anos de melhoria, voltou a subir no ensino básico».

LEIA DEPOIS

Colégio Académico | Aqui não há manuais e os alunos plantam legumes durante as aulas

Plano prevê uma poupança de 250 milhões de euros por ano

Esta é uma medida que prevê uma poupança de 250 milhões de euros por ano. É este o valor que o Estado despende anualmente com o chumbo de 50 mil alunos. O que representa um custo de 5 mil euros por aluno.

Uma das medidas que o Governo quer implementar para reduzir os chumbos é «melhorar a qualidade do ensino através da progressiva redução do número de alunos por turma, do enriquecimento curricular e da escola a tempo inteiro».

Este plano tem gerado indignação entre os professores que têm «receio de que se caminhe para uma abolição administrativa de abolir as retenções», revela o secretário-geral da Federação Nacional da Educação, João Dias da Silva, ao Correio da Manhã. Os docentes consideram que já existe pressão para aprovar os alunos.

LEIA MAIS

Marcas cobram juros máximos nos cartões de crédito

Impala Instagram


RELACIONADOS