Protocolo para formação de polícias sobre violência doméstica é hoje assinado

Protocolo para formação de polícias sobre violência doméstica é hoje assinado

Oficiais de justiça, PSP e GNR vão ter formação jurídica e psicossocial na área da violência doméstica, ao abrigo de um protocolo que é hoje assinado, em Lisboa.

Oficiais de justiça, PSP e GNR vão ter formação jurídica e psicossocial na área da violência doméstica, ao abrigo de um protocolo que é hoje assinado, em Lisboa, na presença dos ministros da Justiça, Administração Interna e da Presidência.

As ações de formação começam em setembro

As ações de formação, que se estendem à violência de género, começam em setembro depois de terem sido detetadas falhas na resposta imediata às vítimas.

A iniciativa resulta de uma colaboração entre a Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género, a Procuradoria-Geral da República, a secretaria-geral do Ministério da Administração Interna, a Direção-Geral da Administração da Justiça, a GNR e a PSP.

Magistrados irão apoiar as formações, assim como a Comissão para a Cidadania e Igualdade de Género.

VEJA AINDA: «É inevitável» Ministério Público falhar nos casos de violência doméstica

 


RELACIONADOS

Protocolo para formação de polícias sobre violência doméstica é hoje assinado

Oficiais de justiça, PSP e GNR vão ter formação jurídica e psicossocial na área da violência doméstica, ao abrigo de um protocolo que é hoje assinado, em Lisboa.