Finge cancro terminal e angaria mais de 40 mil euros

Uma mulher de 27 anos fingiu ter cancro terminal e pediu ajuda para pagar tratamentos através de uma plataforma online.

Lucy Wieland,  uma mulher de 27 anos, fingiu que tinha um cancro nos ovários terminal. Alegando que tinha menos de um ano de vida, a impostora de nacionalidade australiana conseguiu angariar 43 mil euros, através da plataforma digital GoFundMe.

LEIA MAIS: Os esquemas e mentiras da alegada burla de milhões de Maria Leal a jovem incapacitado

No pedido de ajuda, Lucy dizia que necessitava de dinheiro para pagar tratamentos para combater o tumor maligno e «comprar mais tempo de vida». A mulher, residente em Douglas, Townsville, chegou mesmo a ser internada num hospital, rapou o cabelo e partilhou a sua história nas redes sociais.

De acordo com o Daily Mail, a farsa acabou quando uma pessoa, não identificada pelas autoridades, fez queixa de Lucy.

A mulher acabou por ser detida e acusada de fraude. Após ter estado presente no tribunal de Towsville esta quinta-feira, dia 17 de outubro, a mulher teve de pagar uma fiança para ficar em liberdade até 13 de dezembro, dia em que terá de comparecer para uma sessão do julgamento.

As forças policiais avançaram que estão a investigar o destino que Lucy deu ao dinheiro angariado.

VEJA AINDA: Mãe pede ajuda: «O meu filho Tiago tem 16 anos e um tumor maligno»

Siga a Impala no Instagram

Impala Instagram


RELACIONADOS