Proibido rir na Coreia do Norte durante 11 dias

Norte-coreanos estão proibidos de rir durante o período em que se assinala o décimo aniversário da morte dos antigo líder e pai de Kim Jong-Un, Kim Jong II.

Proibido rir na Coreia do Norte durante 11 dias

Proibido rir na Coreia do Norte durante 11 dias

Norte-coreanos estão proibidos de rir durante o período em que se assinala o décimo aniversário da morte dos antigo líder e pai de Kim Jong-Un, Kim Jong II.

Os norte-coreanos estão proibidos de rir durante um período de onze dias, que assinala o 10.º aniversário da morte do pai do líder do país, Kim Jong II. “Durante o período de luto não devemos beber álcool, rir ou participar em atividades de lazer”, contou um habitante da cidade de Siinuiju a uma rádio asiática. Ir às compras, mesmo de produtos essenciais, é proibido no exato dia da morte do antigo líder, 17 de dezembro, e todos os que façam anos neste período estão proibidos de festejar.

«Não temos permissão para chorar»

“Mesmo que um membro da família morra durante o período de luto, não temos permissão para chorar”, revela ainda. A mesma fonte referiu que em anos anteriores, aqueles que eram apanhados a quebrar estas regras foram detidos. “Foram levados e nunca mais foram vistos”, disse. Kim Jong II morreu em 2011. Nesta sexta-feira, Kim Jong-Un assinalou a morte do pai com uma cerimónia que incluiu três minutos de silêncio. A data assinala ainda os dez anos de poder de Kim Jong-Un.

LEIA AINDA
Imita Kim Jong-Un e é deportado: «A sátira é uma arma contra ditadores»

Impala Instagram


RELACIONADOS