Criança de 5 anos não perdoa festa de Boris Johnson: «É um maroto»

Layla Somani mostrou-se revoltada com mais uma polémica que envolve o primeiro-ministro britânico Boris Johnson.

Criança de 5 anos não perdoa festa de Boris Johnson: «É um maroto»

Layla Somani mostrou-se revoltada com mais uma polémica que envolve o primeiro-ministro britânico Boris Johnson.

Layla Somani mostrou que percebe perfeitamente as regras e regulamentos da covid-19 (muito melhor do que Boris Johnson) num vídeo partilhado na rede social Facebook, pelos pais. Após tomar o pequeno almoço Layla, de apenas cinco anos, decidiu explicar – de forma simples mas cirúrgica –a controvérsia em volta da festas de Downing Street aos avós Kanti Somani, e Kusun Somani. A menina não se importou com o pedido de desculpas do primeiro-ministro britânico e acusou-o de ser ‘maroto’, afirmando que “não é um primeiro-ministro, ele é um mau primeiro-ministro”. Foram os pais da menina que captaram o momento, tal foi o espanto com a capacidade da criança para absorver a questão que o país atravessa neste momento.

Casos atrás de casos

O executivo de Boris Johnson foi acusado de mais dois encontros polémicos em confinamento, estes depois de ter pedido desculpa no parlamento por já o ter feito no passado. Desta vez, membros do executivo de terão realizado uma festa e uma reunião. A festa foi realizada na véspera do funeral do príncipe Filipe (marido de Isabel II). No mesmo dia, também aconteceu outra reunião, na cave da residência oficial do primeiro-ministro, em Downing Street. Também ontem, o gabinete do primeiro ministro confirmou que tinha sido feito um pedido de desculpas à casa real pelo sucedido. Isto tendo em conta que a festa terá acontecido num período de luto nacional que estava a acontecer entre 9 a 17 de abril de 2021.

LEIA AINDA
Covid-19: Enfermeiro detido por fingir vacinar negacionistas [vídeo]

Impala Instagram


RELACIONADOS